Carlos Alberto descarta greve e acha difícil que jogadores deixem o Botafogo

Meia deu alguns poucos detalhes da conversa entre atletas e dirigentes antes do treino desta terça-feira no Engenhão

Por bernardo.argento

Rio - Antes do treino desta terça-feira, jogadores e dirigentes do Botafogo se reuniram para discutir a crise financeira do clube. Após a atividade, Carlos Alberto concedeu entrevista coletiva, no Engenhão, e explicou de forma sucinta os temas abordados durante o bate-papo. O apoiador não entrou em detalhes, mas disse que o encontro foi importante para os dois lados. Ele ainda revelou que a diretoria não deu prazo para pagar os salários atrasados. Apesar disso, garantiu que uma greve está descartada.

"Isso (greve) é um tiro no próprio pé. Como tem outros jogadores, você tem que ter o direito de opinião, ninguém é o dono da verdade. Isso é o que me da prazer, fiquei muito tempo sem jogar e vi pela televisão. Hoje estou feliz novamente e tenho certeza que todos vão se manter treinando e jogando com o mesmo empenho. Tivemos um papo bem bacana, aonde o Gottardo se posicionou, os jogadores e o Mancini colocou algumas situações dele e nos fez algumas cobranças também. Eu até gostaria de falar detalhes do que foi conversado" disse Carlos Alberto.

LEIA MAIS: Antes do treino, Botafogo tem reunião para discutir crise financeira

Carlos Alberto descartou greve de jogadores no BotafogoFernando Souza

Como não paga os salários há três teses, os atletas do elenco alvinegro podem pedir na justiça a liberação para saírem para outros clubes. Carlos Alberto disse que não existe nenhum acordo para o grupo não tomar essa medida, contudo, ressaltou que isso dificilmente deva acontecer.

"Acordo não tem, até porque isso é muito particular. Não sei qual é a necessidade de cada um e acredito que isso (pedir liberação na justiça) tende a acontecer com jogadores mais jovens. Vou me empenhar ao máximo porque sei que tem pessoas que acreditam em mim aqui e que merecem o meu empenho", disse o apoiador.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia