Mais Lidas

Botafogo tem que vencer os três jogos que faltam parar seguir vivo no Carioca

Com campanha irregular, futuro do Alvinegro na competição depende da Taça Rio

Por pedro.logato

Rio - Se é verdade que o Botafogo está deixando momentaneamente a Libertadores de lado e concentrando as atenções em buscar uma vaga nas finais do Carioca, é bom o time ficar ligado. Após a derrota por 3 a 2 para o Fluminense, de virada, quinta-feira, no Nilton Santos, aumentou o risco de, assim como no primeiro turno, a equipe não avançar às semifinais da Taça Rio. Na classificação geral do campeonato, o Alvinegro ocupa atualmente o quinto lugar.

Por isso, o jogo de domingo contra o Bangu, às 16h, em Moça Bonita, é fundamental. Será mais uma ‘decisão’ em um começo de ano repleto de partidas importantes.

Botafogo não pode mais errar na Taça RioVitor Silva / SS Press / Botafogo

“O ano do Botafogo é cheio de decisões. Começou com a pré-Libertadores, agora são decisões para nos classificarmos. Nós encaramos bem isso, temos um grupo maduro e sereno, de pessoas trabalhadoras. Vamos encarar estes últimos três jogos. Colocar o time na semifinal é o mínimo que podemos fazer”, ressaltou o atacante Roger.

O adversário direto do Botafogo pela vaga na semifinal da Taça Rio, e também na classificação geral do Carioca, é o Nova Iguaçu. São três pontos de vantagem para o time da Baixada Fluminense no returno e dois no geral.

Roger reconhece que a equipe tem apresentado um rendimento abaixo do normal no torneio em comparação ao da Copa Libertadores.

“Não há como negar que estamos jogando um futebol na Libertadores e outro no Carioca. É ruim vir aqui assumir isso, mas não sei explicar o porquê. A coisa na Libertadores é diferente. No Carioca, a gente tenta se concentrar, mas não sai como a gente quer. Espero que essas coincidências parem e que possamos não só fazer uma grande Libertadores, mas também um grande Carioca. E por que não conquistá-lo?”, comentou o camisa 9, autor dos dois gols no clássico.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia