Em Grande Fase
Coluna
Em Grande Fase
Com Edilson Silva

Boa relação aproxima Walter

Por O Dia

Paulo Angioni quer levar o goleiro Walter para o Fluminense
Paulo Angioni quer levar o goleiro Walter para o Fluminense -

Fluminense e Corinthians têm sido bem parceiros no que diz respeito à negociações nos últimos dois anos. Mas, neste caso, o Tricolor tem cedido mais do que recebido e, por isso, pode usar a boa relação para dar a cartada final em um dos setores mais carentes do elenco: o gol. Neste período de boa relação, cinco jogadores deixaram o Rio rumo a São Paulo: o zagueiro Henrique, os volantes Douglas e Richard, o meia Sornoza e o atacante Everaldo. Nenhuma das negociações foi complicada para o Timão no que diz respeito à parte do Flu. O meia Guilherme também chegou ao time das Laranjeiras por empréstimo dos paulistas. Por isso, Paulo Angioni, homem forte do futebol, quer usar os fatos para trazer o goleiro Walter, de 31 anos, reserva absoluto de Cássio, que hoje defende a Seleção na Copa América.

Um Botafogo milionário!?

Tudo indica que os irmãos Moreira Salles irão assumir o departamento de futebol do Botafogo. E um conselheiro me disse que espera-se um aporte de cerca de R$ 220 milhões “só para colocar o clube para andar”. A questão agora é que Montenegro, figura forte no Alvinegro, não quer a ampliação do mandato de Mufarrej, como prevê a mudança no estatuto. Ou seja: dinheiro em caixa, gestão tranquila. Montenegro não quer isso porque deseja ser presidente. Eu estou enxergando assim, e você?

Dinheiro vai ter...

O Vasco já tem 70 assinaturas para que uma nova reunião do Conselho Deliberativo seja convocada no intuito de aprovar o empréstimo de R$ 20 milhões. Outros R$ 10 milhões já foram aprovados e, a partir de julho, a Globo vai depositar mais R$ 35 milhões referentes aos direitos de imagem. Serão R$ 65 milhões para o clube pagar mais de três folhas salariais e direitos atrasados, além de deixar o clube em dia até o fim do ano.

Novos e velhos em baixa

Os dois últimos demitidos no futebol carioca foram Alberto Valentim e Abel Braga. Vasco e Flamengo, respectivamente. O curioso é que um saiu por ser novo demais e não ter aguentado a pressão. O outro, cascudo, deixou o clube pela exigência de ideais novas. Curioso isso, não? Ninguém sabe o que quer...

 

Comentários