Mina de ouro à vista

Por O Dia

Reinier, meia do Flamengo
Reinier, meia do Flamengo -
O poder financeiro do Flamengo tem sido demonstrado por esta coluna quase que semanalmente. Mais de R$ 170 milhões foram gastos em reforços em 2019. Porém, só Vinicius Junior, com a venda (R$ 164 milhões) para o Real Madrid, já supre as chegadas. Agora outra mina de ouro deve ser achada no clube: o meia Reinier, craque da base rubro-negra e camisa 10 também nas seleções do Brasil, tem um acordo encaminhado para, já na próxima janela, integrar o Everton, da Inglaterra, time do atacante Richarlison, que brilhou no Fluminense aqui no Brasil. O valor: 60 milhões de libras, ou melhor, cerca de R$ 280 milhões, o que seria a maior venda da história de um clube brasileiro. A joia do time da Gávea completa 18 anos em janeiro de 2020 e já iria na próxima janela de transferência europeia. Dinheiro, no Flamengo, não vai faltar.

A IMPORTÂNCIA DA ATENÇÃO
Allan não vai enfrentar o Vasco. O Fluminense não relacionará o meia que teve seu contrato publicado no BID só na última terça-feira. Assim, depois de consultar a CBF, o Tricolor entendeu que a suspensão automática no jogo contra o Ceará poderia ser contestada, já que ele não estava regularizado. Isso mostra a diferença de cuidado, gestão e atenção da administração atual. É outro clube!

O 10 QUE NÃO É 10
Ainda pensando na eliminação do Flamengo para o Athletico-PR, não consigo conceber a postura de Diego. A história mostra que craques perdem pênaltis. Acontece. Mas a forma que ele perdeu é lamentável. Aliás, são 14 penalidades cobradas e cinco perdidas com a camisa rubro-negra. Faltou pulso. Sobrou displicência. E sobre ser craque, já não é mais há muito tempo.

BARROQUISMO COM OS DIAS CONTADOS?
O Botafogo, dada às circunstâncias, faz um bom Brasileirão. O Barroquismo estava em alta e colocou o time nas cabeças. Mas o que se viu contra o Cruzeiro foi um futebol chato, pragmático e sem a mínima inspiração. Não falo de resultado, mas sim de desempenho. Vale lembrar que o Alvinegro tem só oito gols e é o terceiro pior do quesito no Brasileirão. E quem não faz…
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários