Em Grande Fase
Coluna
Em Grande Fase
Com Edilson Silva

Desespero silencioso

Por O Dia

Newcastle desistiu de Marrony e cofre do Vasco segue desequilibrado
Newcastle desistiu de Marrony e cofre do Vasco segue desequilibrado -
Dentro de campo o Vasco vive um bom momento com o trabalho de recuperação bem feito de Vanderlei Luxemburgo. Mas fora dele existe um desespero em relação às finanças do clube. O presidente Alexandre Campello esperava e precisava vender um jogador para equilibrar as contas. Marrony era o nome mais próximo disso, mas o Newcastle desistiu de fazer a proposta pelo atacante. A negociação de um atleta está prevista no balanço divulgado pela instituição e a não chegada de ofertas foi frustrante para uma equipe que deve um mês de salários e três de imagem para os jogadores, além de dois vencimentos para funcionários. O empréstimo de R$ 20 milhões aprovado há mais de um mês não saiu porque o clube não tem garantias para dar. Neste mês entra a grana do pay-per-view. E depois? Até quando Luxemburgo vai segurar a barra? Não tem sido falado, mas é um desespero silencioso. E perigoso também.

SONHO COM A DUPLA DO TETRA
O Fluminense repatriou Wellington Nem e ele vai voltar a vestir a camisa do Tricolor pela primeira vez contra o Internacional, hoje, às 19h, no Maracanã. Nesta semana eu coloquei aqui na coluna que Fred estará de volta ao Flu em 2020. O contrato de Nem vai até o fim de dezembro. E o que todo tricolor sonha é ver a dupla do tetra junta novamente. Já pensou esses dois com Ganso armando?

A VEZ DE GABIGOL
Alguma coisa de muito errada tem acontecido na comunicação entre Jorge Jesus e o departamento médico do Flamengo. Chefe do DM, Márcio Tannure já disse que a troca de comissão elevou o número de lesões, só que está demais. Agora foi Gabigol, o principal jogador do time, que ficará fora por uma lesão na coxa esquerda. São 24 contusões no ano. Oito só depois que Jesus chegou. Absurdo.

PROJETO CAMINHANDO...
A notícia de que botafoguenses ilustres, além dos irmãos Moreira Salles, já começam a se unir para tirar o clube do buraco financeiro que se encontra é uma clara demonstração de que, na prática, o projeto Botafogo S.A, que será comandando pelos irmãos bilionários, está em andamento. Mesmo ainda sem ter sido oficializado, todos sabem dos problemas e as mãos já foram às obras.

Comentários