Em Grande Fase
Coluna
Em Grande Fase
Com Edilson Silva

Não há prazer em ver a Seleção

Por O Dia

O futebol da seleção brasileira não empolga há tempos
O futebol da seleção brasileira não empolga há tempos -
O tesão é zero. Tite conseguiu tirar toda a vontade e a alegria do brasileiro em assistir à Seleção. Um jogo entre Brasil e Argentina que mostrou perfeitamente porque estava sendo tão pouco falado: uma pelada por parte da nossa equipe. No lado dos hermanos bastou Messi estar em um dia bom para vermos um massacre. Foi 1 a 0, mas se não fosse Alisson, o único que honrou a Amarelinha, poderia ter sido uns 3 ou 4 a 0. Ficar insistindo em Willian enquanto há jovens como Rodrygo, Richarlison e outros pedindo passagem é o retrato de que não dá mais para o Tite. Mexe mal e escala mal. Com todo respeito ao Paquetá, que acho ótimo jogador, mas ele não tem futebol para vestir a camisa 10 mais pesada da história do futebol mundial. Seu tempo está chegando ao fim, Adenor. A verdade é que assistir seu time jogar é broxante. Já deu.

AVASSALADORES

No futebol brasileiro já perdeu a graça falar sobre os números de Gabigol e Bruno Henrique. Mas recentemente dei uma olhada nos números de duplas no mundo e pasmem: os dois atletas do Flamengo têm mais gols que Messi e Suárez, dois astros do Barcelona. Enquanto os rubro-negros somam 68 gols (37 do canhoto e 31 do destro), o uruguaio tem 22 e o argentino, 39. O recorte é por clubes, mas não deixa de ser absurdo. Grande fase!


ATITUDE EXEMPLAR

Cerca de 2500 vascaínos foram ao Maracanã na última quarta e apoiaram o time durante os 90 minutos. Como recompensa, quem foi ao clássico e guardou o ingresso vai entrar de graça contra o Goiás, segunda, em São Januário. Bola dentro do presidente Alexandre Campello. Eles merecem, não só porque gastaram com um ingresso no valor de 120 reais, mas porque mostram que o Vasco nunca estará só.


AGORA ELE ESCOLHE

Dos 43 pontos que o Vasco tem no Brasileiro, 42 foram conquistados sob o comando de Luxemburgo. Trabalho de recuperação do time e da carreira dele também. Inegável. Agora ele escolhe se quer seguir ou tentará ouvir outras propostas. O fato é que o Cruzmaltino já acenou que quer a permanência do treinador. Ele? Exigiu salários em dia e um time mais competitivo. Longe de estar errado. Esse clube merece ser mais do que está sendo.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários