Em Grande Fase
Coluna
Em Grande Fase
Com Edilson Silva

Por mais um ano na música

Por O Dia

Gabigol terá um fisioterapeuta o acompanhando na viagem de volta ao Brasil, como parte da preparação para enfrentar o Fortaleza
Gabigol terá um fisioterapeuta o acompanhando na viagem de volta ao Brasil, como parte da preparação para enfrentar o Fortaleza -
São 38 anos. É muito tempo. Uma espera que, acredito, só quem torce para o Flamengo conseguiria dimensionar. Estamos falando de um clube que conquistou diversos campeonatos e fez lindas festas. Mas não com a Libertadores. Inclusive, principalmente no século 21, o torneio magoou o Rubro-Negro em algumas oportunidades. Pensar nos três vices da Copa do Brasil e da Sul-Americana em 2017 deve doer. Entretanto, nunca viu-se um time tão forte, experiente e bonito desde Zico e companhia. Encanta até quem não é rubro-negro. Da fortaleza formada por Diego Alves, Rafinha, Rodrigo Caio, Marí e Filipe Luís, passando pelos pontos de equilíbrio Gérson e Arão e o desfile de Éverton Ribeiro até o trio avassalador formado por Bruno Henrique, Arrascaeta e Gabigol. São 40 milhões de apaixonados esperando escrever uma nova história. Ou melhor, uma música. Não só com dezembro de 81, mas também com novembro de 2019. Chegou a hora. E eu torço pelo futebol carioca. Hoje serei mais um: pra cima deles, Mengo!

LIMA É RUBRO-NEGRA

Dos cerca de 50 mil ingressos comercializados para a final da Liberta, mais do que a metade foi vendida para brasileiros. Hoje a internet possibilita os registros imediatos e é impressionante como os flamenguistas tomaram a capital peruana. Dia, tarde e noite, na rua, nos bares e restaurantes, só se vê vermelho e preto. Até os peruanos estão vestindo Flamengo. A força de uma torcida que esperou muito para fazer uma festa do tamanho dela: a maior.

COM RESPEITO, MAS SENDO FLAMENGO

Respeito. Acho que esse é o sentimento que o Flamengo tem que ter perante ao River Plate. Trata-se de um time gigante, que conquistou 13 títulos nos últimos cinco anos. Não tem “já ganhou”. O Rubro-Negro reúne totais condições de sair de Lima campeão fazendo o que fez durante o ano inteiro: atacando, vencendo e convencendo. Sem medo de perder, pois isso tira a vontade de ganhar. Respeitando, como disse. Mas sendo Flamengo, vai ser difícil segurar.

O PRAZER É MEU

Narrar uma final de Libertadores é algo que poucos têm o privilégio na vida. A mobilização e o contato com a torcida do Flamengo nas ruas, a alegria e o carinho do povo faz as coisas serem ainda mais especiais. Vem virar a audiência do rádio carioca e torcer pelo Flamengo na BandNews FM a partir das 17h (de Brasília) e viver essa grande fase comigo.

Galeria de Fotos

Gabigol terá um fisioterapeuta o acompanhando na viagem de volta ao Brasil, como parte da preparação para enfrentar o Fortaleza ALEXANDRE VIDAL/FLAMENGO
Artilheiro da Libertadores, com sete gols, Gabigol é a esperança da torcida na busca pelo bi RAUL PEREIRA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO
Gabigol Fernando Michel/Parceiro/Agência O Dia

Comentários