Em Grande Fase
Coluna
Em Grande Fase
Com Edilson Silva

Por vida nova no futebol carioca

Por O Dia

Flamengo foi campeão da Libertadores em cima do River Plate
Flamengo foi campeão da Libertadores em cima do River Plate -

Está chegando o Ano Novo. Dia primeiro de janeiro de 2020 que eu enxergo como uma virada de chave para sempre em administrações pífias e que não têm mais espaço dentro do futebol atual. O Flamengo foi um exemplo claro e cristalino de que não dá mais para parar no tempo. Um trabalho que começou há seis anos e já conquistou os dois maiores títulos da América em 2019. Vasco, Fluminense e Botafogo vivem boas expectativas para participar desta mudança se entenderem que, se não se adequar à política de austeridade, a discrepância só vai aumentar. Não há espações mais para amadorismo. Um claro recado para os dirigentes que seguem com práticas antigas e não entendendo a necessidade do futebol contemporâneo. Eu estou empolgado com o futebol carioca e, se depender de apoio meu, não vai faltar evolução. Um feliz ano novo a todos e uma grande fase para todos vocês em 2020! Nossa sintonia por aqui vai continuar intacta! Tamo junto!

 

Zagueirão sem mídia e muito futebol

Nino fica por mais três anos no Fluminense e merece a renovação. Defensor que não tem muita mídia, mas foi um dos melhores do Tricolor em 2019. Extremamente eficiente, tem segurança e muita força. Profissional de primeira e a diretoria atual conseguiu identificar a necessidade de um jogador como este. Grande fase!

 

Importante reconhecimento

O zagueiro do Flamengo Mateus Thuler chamou Lincoln de macaco em um vídeo que rodou a internet e indignou por conta do racismo do garoto. O importante de todo o triste episódio é que ele reconheceu e pediu desculpas. Acredito que todos erram e ele foi bem repreendido pelo erro. Espero que ele tenha aprendido que, mesmo se for na inocência, segue sendo racismo. Essa pauta é mais do que importante.

 

O mito muito bem-vindo

Dedé é o alvo do Vasco para reforçar a zaga em 2020. No Cruzeiro, quebrado, o zagueiro acumulou títulos, mas também lesões e polêmicas. Aqui no Rio, ele é tido como ídolo e seria um baita presente de Ano Novo com o defensor. Jogou muito no Cruzmaltino e, ao lado de Castan, seria uma das três melhores defesas do Brasil. Sem dúvida.

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários