Em Grande Fase
Coluna
Em Grande Fase
Com Edilson Silva

Urubu voa em furacão

Por O Dia

Observados por Jesus, jogadores se preparam para mais uma final
Observados por Jesus, jogadores se preparam para mais uma final -
Muito cuidado. O Mané Garrincha, amanhã, tem previsão de Furacão às 11h. E mais de 45 mil pessoas estarão presentes, mas um tal Urubu está pronto para voar em meio ao caos. Com certeza, o Atheltico-PR foi o time brasileiro mais perigoso ao Rubro-Negro em 2019, não à toa eliminou o time de Jorge Jesus - que reconheceu isso - da Copa do Brasil. É lógico que o time do Paraná perdeu o técnico Tiago Nunes, um dos pilares dessa equipe, mas Dorival Jr. também é um treinador experiente e que conhece muito bem o Flamengo. Vale lembrar que, antes de Abel, foi ele quem treinou o time carioca. Mas os tempos são outros, o Athletico-PR é outro e, apesar de todos os obstáculos, a equipe de Jorge Jesus é favorita, melhor e terá maioria nos torcedores em Brasília. Se os titulares não funcionarem, o banco resolve de forma magistral. A verdade é que esse Urubu até foi depenado por um instante em 2019, mas ele se recuperou e conseguiu voar ainda mais alto. Hoje mais forte, não vejo como o Furacão derruba-lo novamente.


O ARGENTINO COMPARECE

German Cano é a grande sensação da fraca temporada do Vasco. Mas, mesmo se fosse um bom começo de ano, ele continuaria sendo o maior destaque. São seis gols em quatro jogos. O centroavante só precisa de 135 minutos para balançar a rede vestindo a camisa cruzmaltina. Se fosse só gol eu poderia dizer que é fase, mas o argentino joga bola. Tem visão, movimentação e não faz só gol fácil, não. Grande fase!


COBRANÇA JUSTA: CHEGA DE HOMOFOBIA

O belo Fla-Flu em campo, pela semifinal da Taça Guanabara, não foi tão belo assim na arquibancada. Parte da torcida do Flamengo proferiu cantos homofóbicos contra a do Tricolor, mas ninguém da procuradoria do TJD-RJ, mesmo 24 horas após o jogo, se manifestou. O presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, sabendo do time do procurador André Valentim, cobrou; “Aguardando seu posicionamento, ilustre rubro-negro”. Não se trata de clubismo, mas sim pelo fim da homofobia. Chega.


FORÇA, ESPINOSA!

O gerente de futebol do Botafogo, Valdir Espinosa, vai precisar se afastar por conta de um problema de saúde no abdômen. Ele vai fazer uma cirurgia no local e não tem previsão para retorno. Deixamos aqui, não só pela ótima pessoa que é, mas por pura solidariedade, forças ao profissional e também à família. Esperamos uma rápida recuperação e que ele retorne ao Fogão o mais rápido possível!
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários