Em Grande Fase
Coluna
Em Grande Fase
Com Edilson Silva

Toda reconstrução precisa de pilares

Por O Dia

Mario Bittencourt com a equipe de marketing do Fluminense: alinhavando a volta de Fred ao clube
Mario Bittencourt com a equipe de marketing do Fluminense: alinhavando a volta de Fred ao clube -
Não é de hoje que falo aqui sobre a reconstrução que está sendo feita no Fluminense Football Club. Não me refiro apenas ao futebol, mas a toda instituição, desde que o presidente Mário Bittencourt assumiu. Alinhou contas, tem olhado com carinho para Xerém, pensa em uma forma de tornar as Laranjeiras rentável, como reformá-la, e tem reforçado cada vez mais o futebol. A entrada do presidente, junto aos profissionais que o cercam, vem recuperando a confiança abalada da torcida tricolor nos últimos anos. Mário Bittencourt é um pilar, os homens que estão trabalhando junto com ele fazem parte dele, mas o Fluminense ainda precisava de uma estrutura dentro de campo, vestindo a camisa e que reflita todo o trabalho externo nos gramados também. A foto que o presidente tricolor postou em seu Instagram, ao lado da equipe de marketing e comunicação, além do nome de Fred estampado na parede, parece ser uma obra para que esse pilar seja construído. E falta pouco. Muito pouco. Ele vem aí.


A SORTE É QUE O VASCO É GIGANTE

Eu realmente acredito que o Vasco vai passar de fase na Copa Sul-Americana, mesmo jogando na Bolívia. Além da vantagem do empate, o time do Oriente Petrolero é bem limitado e não conta com o auxílio da altitude, aliada de outros times bolivianos. É a sorte de Abel Braga, que segue bastante pressionado no cargo. Estamos no meio de fevereiro e o time não apresenta melhora. Está na hora de vermos futebol em campo, não só placares magros e no sufoco.


O PRIMEIRO TESTE DE FOGO EM 2020

Fora de casa, o Flamengo vai enfrentar o Independiente del Valle, campeão da Copa Sul-Americana em 2019 e um das sensações da temporada passada. Vai ser um teste de fogo para o imbatível elenco rubro-negro (que passou por cima do Athletico-PR como se o adversário fosse um time amador). Não só pela qualidade em campo, mas porque também é comandado por um técnico europeu: Miguel Ángel Ramírez é espanhol e está fazendo, no Equador, um sucesso parecido ao de Jorge Jesus no Brasil.


APÓS O TÍTULO, VISITA AO PRESIDENTE

Jorge Jesus conquistou seu terceiro título à frente do Flamengo após o baile contra o Athletico-PR, vencendo por 3 a 0, no estádio no Mané Garrincha, pela Supercopa do Brasil. Aproveitando a passagem pela capital, Jorge Jesus visitou o presidente Jair Bolsonaro, que até colocou a medalha de campeão que o português conquistou.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários