Em Grande Fase
Coluna
Em Grande Fase
Com Edilson Silva

NOITE DE DECISÕES

Por O Dia

Odair Hellmann, do Fluminense, está pressionado no cargo
Odair Hellmann, do Fluminense, está pressionado no cargo -

Flamengo e Fluminense entram em campo amanhã, às 21h30, cada um com sua decisão. No Maracanã, o Rubro-Negro busca o seu terceiro título no ano e, ao que parece, tudo indica que vai conseguir. O Independiente Del Valle-EQU é uma equipe organizada, mas não tem a qualidade técnica do time de Jorge Jesus. Uma decisão que, além do peso que o Flamengo possui só pelo futebol apresentado, vai ter a torcida rubro-negra pronta para apoiar. Franco favorito para a Recopa Sul-Americana e seguir fazendo história. No Fluminense, a decisão é outra. No Castelão, o Moto Club tentará a classificação heroica diante da torcida maranhense e o Tricolor já vem com o peso da eliminação da Sul-Americana. Joga pelo empate, o que acaba às vezes sendo perigoso por segurar resultado. Pressão para cima de Odair Hellmann.

ERA A SOMBRA QUE FALTAVA

Pedro chegou para ser a "sombra" de Gabigol. Eles já brincaram sobre o assunto nas redes sociais. Mas Pedro chega para ser um 12° jogador do time. Gabigol não precisa de sombra, pressão ou algo do tipo. Ele faz tudo o que é possível. A sombra de Pedro significa a sombra do time do Flamengo: quando precisa, ele está lado a lado para decidir. Grande fase!

FREDY GUARÍN EMPRESÁRIO?

Fredy Guarín mandou um recado para Nagatomo, lateral/ala esquerdo com quem o colombiano jogou na Internazionale de Milão, para ele vir jogar no Vasco. Chamou a massa vascaína de "melhor torcida". Sabe qual é a nacionalidade do jogador do Galatasaray? Japonesa. A vinda do meia Honda, como sempre disse, reflete não só no Botafogo, mas no futebol carioca e brasileiro. E quem sabe a ideia do ex-companheiro de Inter, além da chegada do parceiro de seleção, não anime Nagatomo...

FURACÃO VAI VIR COM TUDO

O Athletico-PR vendeu o excelente atacante Rony para o Palmeiras. E o Furacão, que está cheio da grana, pois também viu Bruno Guimarães deixar o clube para jogar no Lyon, quer começar a remontar um time forte. Marrony, do Vasco, é a bola da vez por lá. Ofereceram R$ 13 milhões por 50% do garoto. Muito pouco. O Cruzmaltino, apesar da grave situação financeira, não pode abaixar a cabeça porque os paranaenses estão "podendo".

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários