Jornal argentino coloca Trezeguet perto de acerto com o Flamengo

Atacante francês foi dispensado pelo River Plate

Por pedro.logato

Rio - O atacante Trezeguet pode formar dupla ofensiva com Emerson Sheik no Flamengo. Segundo o diário esportivo argentino ‘Olé’, o atacante, dispensado pelo River Plate na segunda-feira passada, está na mira do Rubro-Negro. Não é a primeira vez em que o nome do jogador campeão do mundo em 1998, em cima do Brasil, tem o nome especulado na Gávea.

Atacante pode reforçar o FlamengoEfe

Aos 35 anos, Trezeguet tomaria o posto de Leonardo Moura de jogador mais velho do elenco. O lateral-direito já planeja a aposentadoria e, mais uma vez, reitera seu desejo de nunca mais vestir outra camisa na carreira.

''Meu pensamento é jogar mais dois anos. Lógico que o futebol traz muitas surpresas, mas meu planejamento de carreira é esse. Vou fazer de tudo para encerrar a carreira aqui. Seria um sonho, um prazer muito grande. Nunca escondi minha paixão, meu amor pelo Flamengo. Seria especial”, disse o camisa 2, que completou oito anos de clube no último dia 12.

Recentemente, Renato, 35 anos, foi dispensado. E Léo Moura, no início da gestão da atual diretoria, teve que aceitar uma redução salarial para renovar contrato por um ano. Dificilmente o lateral conseguirá renovar por dois anos. Mas ele se mostra tranquilo.

“Não me preocupo com isso. Tenho contrato até o fim do ano e vou cumprir da melhor forma. Se no fim do contrato o Flamengo achar que eu não devo ficar, ou até eu, cada um segue seu caminho.”, disse Léo Moura, que pode ter programação especial por causa da idade:

“Tem que ser inteligente, não sou mais um menino. Isso vai prolongar minha carreira. Entro sempre 100%, não dou o ‘migué’, como falamos no futebol”.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia