Jayme diz que vitória sobre Resende dá ânimo ao Flamengo para pegar Emelec

Treinador elogia equipe na goleada de 3 a 0 sobre o Resende e revela que não vai mexer muito para partida da Libertadores

Por rodrigo.hang

Rio - O técnico Jayme de Almeida demonstrou satisfação com a vitória convincente por 3 a 0 do sobre o Resente, neste sábado. A ótima atuação do Flamengo dá um novo ânimo para o jogo contra contra o Emelec, nesta quarta-feira, pela segunda rodada da Taça Libertadores.

Jayme gostou, especialmente, das atuações de Muralha e Alecsandro. O volante entrou no lugar do Amaral, que está suspenso do jogo desta quarta-feira. Já o atacante substitui Hernane, que não pôde jogar por causa de uma amigdalite. As mudanças e o resultado positivo foram comemorados pelo treinador.

Jayme comemora goleada e mira duelo contra o Emelec%2C pela segunda rodada da Taça LibertadoresMárcio Mercante / Agência O Dia

"Acho que (a vitória) representa que o time foi bem, nos dá força para quarta-feira. Não vai ser fácil (o confronto contra o Emelec), mas o time se portou da maneira que gostamos de ver, com postura bem montada no campo, trabalhando bem a bola, criando muito e com motivação. Não vai mudar muito para quarta-feira", comentou Jayme, que acrescentou dizendo que "todo jogo da Libertadores é importante. Esse (a partida contra o Emelec) é mais um jogo importante", declarou.

Perguntando sobre a possibilidade de escalar Alecsandro e botar Hernane no banco, o comandante despistou. O atacante ex-Atlético Mineiro vem jogando bem quando entra nas partidas. Titular desde o início da partida deste sábado, o jogador marcou dois gols e participou do terceiro. Já o Brocador, não vem tendo as grandes atuações de 2013. O principal jogo dele este ano foi na vitória de 5 a 2 sobre o Macaé. Ele anotou quatro gols.

"O Flamengo tem um grupo e isso fortifica cada vez mais e obriga, no bom sentido, a todo mundo trabalhar melhor", disse o treinador.

O comandante rubro-negro aproveitou para rasgar elogios a Léo Moura. O lateral direito deu um belo chapéu no adversário no início da jogada do terceiro gol da equipe, marcado por Everton.

"Acho que é um exemplo de profissional. Ele tem uma história linda no clube e a gente fica orgulhoso de ver uma atuação do Léo Moura como a deste jogo, com energia, uma entrega bonita de se ver. É um exemplo para o esporte em geral. Um menino humilde, que não se empolga com tudo que conquistou no clube e ajuda muito com essa seriedade", concluiu Jayme.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia