Ressuscitado por Luxemburgo, Fla quebra jejum de três anos no Brasileirão

Clube carioca acumula quatro vitórias nos últimos cinco jogos, deixou a lanterna e se distanciou da zona de rebaixamento

Por pedro.logato

Rio - O fantasma do rebaixamento no Campeonato Brasileiro deu lugar à sensação de alívio, ao menos momentâneo, no Flamengo. Após a chegada contestada de Vanderlei Luxemburgo em meio a uma crise, o time carioca conquistou quatro vitórias nas últimas cinco partidas, deixou a lanterna e abriu distância da zona de rebaixamento. Agora, ocupa a 11ª colocação, com 22 pontos.

Luxemburgo tem grande campanha no comando do FlamengoMárcio Mercante

A boa fase fez com que o Flamengo quebrasse um jejum. O clube carioca não vencia quatro jogos consecutivos pelo Brasileirão há mais de três anos. Entre 28 de julho e 6 de agosto de 2011, o Fla venceu Santos (5x4), Grêmio (2x0), Cruzeiro (1x0) e Coritiba (1x0). Curiosamente, o técnico naquela ocasião era Vanderlei Luxemburgo, que dirigiu o clube entre 2010 e 2012 em sua passagem anterior.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

A temporada de 2011 marcou a última boa campanha do clube no torneio, quando terminou em quarto lugar e consegiu vaga para a Libertadores do ano seguinte.

O Flamengo já havia conseguido uma sequência ainda maior em 2014, mas pelo Campeonato Carioca. Ainda sob o comando de Jayme de Almeida, o rubro-negro chegou a seis vitórias consecutivas. Vale lembrar que o Flamengo se sagrou campeão carioca neste ano.

Aproveitamento de campeão

Com quatro vitórias em cinco jogos, Luxemburgo acumula até aqui um aproveitamento de 80% dos pontos disputados. Mesmo com o bom desempenho inicial, Luxemburgo prefere frear a empolgação e pede seriedade ao elenco.

"Só avançamos e não terminou. Se levarmos pancada, vem tudo de novo. Temos que ficar contentes, mas termos seriedade. Ainda tem uma distância grande até o fim da competição. Temos que ficar contentes, porém com seriedade. É uma projeção de tabela com jogos difíceis pela frente, principalmente na virada do turno. É preciso muita atenção em um campeonato tão difícil', afirmou Vanderlei Luxemburgo.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia