Flamengo bate o Coritiba e se despede do Maracanã com vitória

Em jogo recheado de gols, Rubro-Negro recompensa a torcida

Por fabio.klotz

Rio - A despedida foi com festa e vitória. No último jogo no ano no Maracanã, palco fundamental para o time se livrar da confusão, o Flamengo venceu o Coritiba por 3 a 2, neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro. O triunfo recompensa o apoio da torcida, outra aliada importante do Rubro-Negro, um dia após o aniversário do clube. Os torcedores, por sinal, sofreram ao longo do Brasileirão e até no duelo com Coxa. Porém, saíram do Maraca aliviados e com a esperança de um 2015 melhor.

Após jogada pela direita%2C Mugni%2C novidade no time%2C abriu o placar para o FlamengoFernando Souza

Com a vitória, o Flamengo pula para 47 pontos e para a oitava colocação. Agora, tem mais quatro jogos (em dois deles vai jogar como mandante em São Luís e em Manaus) para testar o elenco e pensar em 2015. Na reta final da temporada, Nixon e Gabriel têm aproveitado as oportunidades. A dupla se destacou de novo e ajudou o time vencer. O resultado, por sinal, ajuda o Botafogo. O Coritiba é rival do Alvinegro na luta contra o rebaixamento. O Coxa tem 37 pontos e está na 15ª colocação.

VEJA MAIS: Confira a tabela e classificação do Campeonato Brasileiro

Na próxima rodada, nesta quarta-feira, às 22h, o Flamengo reencontra o Atlético-MG, algoz na Copa do Brasil. O duelo será no Independência. O Coritiba também joga na quarta, às 21h, e tem um duelo direto na luta contra a degola. O time encara o Vitória no Barradão.

O jogo

O Coritiba ameaçava nas bolas paradas com Alex. O Flamengo buscava explorar a velocidade de Everton, Gabriel e Nixon. Foi assim que abriu o placar. Gabriel desceu pela direita e tocou para Nixon. O atacante cruzou e achou Mugni. De primeira, o argentino tocou no canto esquerdo de Vanderlei: 1 a 0. O Rubro-Negro trocava passes, mas faltava ser mais agudo. O Coxa tentava nos cruzamentos e em bolas paradas. Alex cobrou falta da entrada da área, mas Paulo Victor defendeu com tranquilidade.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

O técnico Vanderlei Luxemburgo precisou fazer a primeira mudança na reta final do primeiro tempo. Samir sentiu a virilha direita. Chicão entrou na vaga do zagueiro. O Fla quase ampliou. Após escanteio, Anderson Pico bateu da entrada da área. Vanderlei salvou.

O Coritiba voltou para o segundo mais ofensivo. Marquinhos Santos fez duas alterações. Dudu e Zé Love entraram. Sérgio Manoel e Gil saíram. O Coxa chegou com perigo. Após troca de passes, Dudu arriscou da entrada da área. A bola foi por cima do gol de Paulo Victor. Depois foi a vez de Zé Love assustar. O chute saiu à direita da meta rubro-negra.

O Flamengo buscava os contra-ataques. E não demorou a acertar um. Em jogada pela direita, Gabriel desceu, invadiu a área e rolou para Everton. O meia só completou para o fundo da rede e ampliou o placar: 2 a 0. O Rubro-Negro perdeu a chance de fazer o terceiro. Everton foi derrubado na área. Pênalti. Chicão, porém, parou em Vanderlei.

Luxa fez mais uma mudança. Ele tirou Gabriel, que voltava ao time após lesão, e pôs Igor Sartori. O Coritiba diminuiu. Após contra-ataque, Joel recebeu livre e chutou no canto de Paulo Victor: 2 a 1. O Coxa ganhou confiança. Joel fez fila e cruzou. Dudu quase empatou. O Flamengo mudou pela última vez. Léo Moura, que também voltou ao time neste domingo, deu lugar a João Paulo. Pico foi para a lateral direita.

O Flamengo tratou de ampliar. Canteros lançou Nixon. Livre, ele teve tempo de ajeitar o corpo e bater para o fundo da rede: 3 a 1. A resposta do Coxa não tardou. E finalmente após uma jogada de bola parada. Joel, surgiu livre, e desviou para o fundo da rede: 3 a 2. O Coritiba passou a pressionar. O Fla sofreu, mas conseguiu segurar a vitória.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 3X2 CORITIBA

Estádio: Maracanã
Público e renda: Público pagante 23.182 / Público presente 28.250 / Renda R$ 775.085,00
Árbitro: Leandro Vuaden
Gols: Mugni (Flamengo, aos 17' do 1ºT), Everton (Flamengo, aos 12' do 2ºT) e Nixon (Flamengo, aos 35' do 2ºT) e Joel (Coritiba, aos 21' do 2ºT e aos 38' do 2ºT)
Cartão amarelo: Robinho, Norberto e Leandro Almeida (Coritiba) e Canteros (Flamengo)
Cartão vermelho: - 

FLAMENGO: Paulo Victor; Léo Moura, Samir (Chicão, aos 39' do 1ºT), Wallace e Anderson Pico; Márcio Araújo, Canteros, Everton, Mugni e Gabriel (Igor Sartori, aos 19' do 2ºT); Nixon; Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

CORITIBA: Vanderlei; Norberto, Luccas Claro, Leandro Almeida e Carlinhos; Helder, Sérgio Manoel (Dudu, no intervalo), Gil (Zé Love, no intervalo), Alex e Robinho (Keirrison, aos 39' do 2ºT); Joel; Técnico: Marquinhos Santos.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia