Filosofia de Muricy em vigor no Fla

Um dia depois de ser apresentado, técnico se reúne com diretoria para tocar planejamento

Por jessica.rocha

Rio - A filosofia, em forma de bordão, “aqui é trabalho”, de Muricy Ramalho, já está em vigor no Flamengo. Ontem, à tarde, um dia após ser apresentado na Gávea, o treinador se reuniu com o diretor-executivo de futebol, Rodrigo Caetano, entre outros dirigentes, para tocar o planejamento do clube, de olho na próxima temporada. A tarefa será árdua. Além da busca por reforços, o projeto de integração das divisões da base e outras ideias trazidas pelo treinador estarão à mesa daqui por diante.

Pela manhã, Caetano já tinha estado na Gávea. Na véspera, Muricy havia visitado o Ninho do Urubu, a fim de conhecer as instalações do Centro de Treinamento. Com tantos assuntos a serem tratados, o departamento de futebol traça prioridades. A procura por um zagueiro e um meia top de linha entra na frente. Juan, zagueiro criado no Flamengo e que estava no Internacional, está acertado com o clube e deve ser anunciado oficialmente nos próximos dias. Ontem, ele se despediu do Colorado.

Juan pode retornar para o FlamengoDivulgação

“Estou de saída do clube que acolheu a mim e a minha família. Foram anos de alegrias e tristezas, mas, acima de tudo, de grande aprendizado. Gostaria de agradecer à direção, à comissão técnica, aos jogadores, aos colaboradores e à torcida. Minhas lembranças do Inter serão as melhores possíveis”, disse.

A princípio, o zagueiro planeja ficar em Porto Alegre até o dia 18 de dezembro, quando terminam as aulas do seu filho mais velho, mesmo que não tenha sido anunciado, já que sua base familiar é na capital fluminense. Se os últimos detalhes forem acertados antes da data, no entanto, ele pode antecipar a sua vinda.

ZICO RETRIBIU ELOGIOS E REVELA CONVITE AO TREINADOR

Zico revelou, ontem, à Rádio Globo, que já havia convidado o treinador para dirigir o time do Flamengo, há três anos. O maior ídolo da torcida rubro-negra retribuiu os elogios do técnico, que disse, em sua apresentação, na terça-feria, que o Galinho, depois de Pelé, foi o jogador mais completo que ele viu jogar.

“Gostaria de fazer um agradecimento. É um cara que admiro bastante. Há três anos, por telefone, fiz a ele o convite de vir para o Flamengo. Gostaria de vê-lo na Seleção”, disse Zico.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia