Sem Lucas Paquetá e Cuéllar, técnico do Flamengo detona a CBF

Barbieri critica o calendário de competições por não poder garantir a presença de dois titulares contra o Corinthians

Por O Dia

Mauricio Barbieri
Mauricio Barbieri -

Rio - A vitória do Flamengo sobre a Chapecoense, por 2 a 0, sábado, no Maracanã, aliviou a pressão sobre Mauricio Barbieri. Ao virar a chave do Brasileiro para a Copa do Brasil, porém, o treinador volta a sentir a alta tensão. Sem garantir se escalará Lucas Paquetá e Cuéllar, o técnico descarregou todo seu desabafo contra a CBF.

"Um clube tem que fretar um avião para trazer seus jogadores por causa de um calendário mal elaborado. Considero um absurdo a CBF marcar jogos decisivos em data de convocação da seleção", protestou Barbieri, indignado porque a entidade manteve o primeiro duelo da semifinal da Copa do Brasil entre Flamengo e Corinthians, no Maracanã, na quarta-feira, às 21h45.

Lucas Paquetá e Cuéllar atuarão terça-feira, nos Estados Unidos, em amistosos pelas seleções de Brasil e Colômbia, respectivamente.

JUAN SERÁ OPERADO

De acordo com o médico Márcio Tannure, Juan vai ser operado nesta segunda, no Hospital Samaritano, na Barra. O prazo para a recuperação plena é de seis a oito meses. O jogador rompeu o tendão de Aquiles do tornozelo direito. O presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, disse que o zagueiro poderá escolher seu futuro no clube: "Vai ser uma honra tê-lo do jeito que ele quiser. Ele faz parte da história do Flamengo."

Comentários