Após derrota em clássico, Bandeira anuncia que deixará o Flamengo depois da eleição: 'Vou cuidar da minha vida'

Presidente está apoiando a candidatura do vice de futebol Ricardo Lomba

Por O Dia

Bandeira de Mello
Bandeira de Mello -

Rio - Mesmo que Ricardo Lomba vença as eleições, Eduardo Bandeira de Mello não fará parte da gestão do Flamengo no ano que vem. Após a derrota para o Botafogo, no clássico deste sábado, o atual presidente afirmou que irá se despedir do clube carioca.

“Independentemente do resultado da eleição, não vou continuar na próxima administração. É natural, são seis anos já. Vou cuidar da minha vida”, afirmou.

No cargo desde 2013, Eduardo Bandeira Bandeira assumiu a presidência do clube substituindo Patrícia Amorim. Em seis anos de mandato, conquistou os títulos da Copa do Brasil (2013) e o bi do Carioca, em 2014 e 2017.

As eleições para a presidência do Flamengo acontecem no próximo dia 8. O candidato da situação é Ricardo Lomba, atual vice de futebol do clube carioca.