Mais Lidas

Berrío se lesiona novamente e vive tormento no Flamengo

Colombiano se machucou duas vezes neste início de ano, e vai ficar um mês afastado dos gramados

Por MH

Berrío se machucou durante os treinamentos. É a quarta lesão do jogador
Berrío se machucou durante os treinamentos. É a quarta lesão do jogador -

Orlando Berrío costuma ter seu nome gritado pela torcida do Flamengo quando está no banco de reservas. O colombiano é querido por conta da entrega e disposição em campo, além da habilidade, mas, internamente, vive um pesadelo que parece nunca acabar. Na terça-feira (6), o Flamengo confirmou que o atacante sofreu mais uma lesão, a quarta desde que chegou ao clube, desta vez no músculo da coxa esquerda. Ele ficará um mês afastado dos gramados.

Berrío, com o porte físico de um superatleta, chegou ao Flamengo com uma marca individual impressionante: ele era o segundo jogador mais rápido do mundo, segundo um estudo encomendado por um clube mexicano, mas passou a conviver com lesões a partir de outubro, quando rompeu o tendão do joelho esquerdo numa partida contra o São Paulo. Ficou dez meses parado, e em agosto de 2018, quando estava próximo do retorno, sofreu uma entorse no tornozelo direito, voltando aos gramados apenas em setembro.

Este ano, ainda em janeiro, Berrío foi diagnosticado com uma lesão na posterior da coxa direita durante os treinamentos do Torneio da Flórida, em Orlando, nos Estados Unidos. Pouco mais de um mês se passou, e desta vez a lesão é no reto femoral da coxa esquerda, músculo que liga o quadril ao joelho. Segundo o departamento médico do clube, a lesão é de grau 2, ou seja, não é simples, mas não tão grave quanto a de grau 3, considerada a pior. A previsão é de um mês de recuperação.

No total, desde que chegou ao Rubro-Negro, em janeiro de 2017, Berrío passou aproximadamente 14 meses sem lesão e 12 em tratamento. O número de jogos também tem caído a cada ano: foram 47 partidas em 2017, nove em 2018 e apenas duas neste início de temporada. Ele tem contrato até o fim do ano que vem.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia