Zagueiro do Flamengo, sobre o clássico contra o Vasco: 'pretendemos tirar essa invencibilidade deles'

Abel Braga deve escalar um Flamengo quase todo reserva contra o Cruzmaltino, no Maracanã

Por Yuri Eiras

No treino de quinta-feira, Abel Braga usou um time quase todo reserva
No treino de quinta-feira, Abel Braga usou um time quase todo reserva -

Rio - O Flamengo realizou na manhã desta sexta-feira (8) o último treino antes do clássico contra o Vasco, sábado, às 19h, no Maracanã. Na atividade, realizada na Gávea, o técnico Abel Braga não escancarou qual será o time titular, mas tem dado algumas pistas. A equipe que entra em campo deve ser formada praticamente toda por reservas, à exceção de Arrascaeta. Everton Ribeiro e Vitinho, que começaram o ano como titulares mas perderam espaço, terão a oportunidade de mostrar serviço.

A defesa é o setor que mais preocupa Abel Braga. Juan e Rhodolfo estão machucados, e Rodrigo Caio será poupado. Thuler deve ser o titular da zaga ao lado de Hugo Moura, volante improvisado. Mas, a possibilidade de Léo Duarte entrar em campo não está descartada. "A gente não sabe (quem vai jogar). Abel ficou de passar hoje quem vai jogar e quem não vai. Independentemente de quem for jogar, nosso grupo é qualificado e vai fazer um bom jogo", comentou Léo Duarte, que reconhece a boa fase do Vasco, único time carioca invicto no ano. "O Vasco tem se mostrado uma equipe consistente e regular. Vai ser um grande clássico amanhã. Estamos bem, e pretendemos tirar essa invencibilidade deles, com o apoio da nossa torcida", comentou o camisa 43.

A escolha por escalar um time reserva é por conta da Libertadores, prioridade do clube. O elenco rubro-negro está desgastado pela cansativa viagem até a Bolívia, onde jogou na terça-feira (5), contra o San José. Na próxima quarta-feira (13), o Flamengo recebe a LDU do Equador, no Maracanã. Como o clássico está entre duas rodadas da competição sul-americana, Abel Braga preferiu poupar boa parte da equipe. O time deve ser: César, Rodinei, Léo Duarte (Hugo Moura), Thuler e Trauco; Piris da Motta, Ronaldo e Arrascaeta; Everton Ribeiro, Vitinho e Vitor Gabriel.