'Briga' boa: Bruno Henrique cresce e encosta em Gabigol em números da temporada

Camisa 27 do Flamengo marcou, até o momento, 28 gols no ano e já deu 14 assistências; seu 'concorrente' fez 36 e deu seis passes para companheiros balançarem as redes

Por Venê Casagrande

Bruno Henrique em ação com a camisa do Flamengo contra o Corinthians
Bruno Henrique em ação com a camisa do Flamengo contra o Corinthians -

Rio - Muito se fala do momento de Gabigol, artilheiro do futebol brasileiro até o momento, com 36 gols. Mas Bruno Henrique, seu companheiro de ataque, corre por fora e pede passagem na concorrência com o camisa 9 para ser o protagonista no time comandado por Jorge Jesus.

Os números do camisa 27 rubro-negro falam por si só: em 53 jogos nesta temporada, Bruno Henrique fez 28 gols, sendo oito no Campeonato Carioca, cinco na Libertadores da América e 15 no Campeonato Brasileiro.

Além do bom aproveitamento no quesito bola na rede, o atacante ainda ganha destaque quando o assunto é assistência. Bruno Henrique, de 29 anos, foi garçom em 14 oportunidades em 2019. Ou seja, o jogador esbanja participação direta em 42 dos 123 gols do Flamengo neste ano, empatado com o concorrente Gabigol, que tem 36 tentos e 6 passes para gol.

Depois de bater na trave seis vezes, Bruno Henrique conseguiu fazer três gols em uma mesma partida e brilhou imensamente contra o Corinthians, domingo. Antes, o atacante havia deixado duas bolas na rede contra Botafogo, Fluminense, Vasco, Cruzeiro, Inter e Athletico-PR.

Os números são ainda mais valorizados se for considerado o valor desembolsado pelo Flamengo para tirar o atacante do Santos. A diretoria rubro-negra pagou R$ 26 milhões, pelos 100% dos direitos econômicos.

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários