Bicho-papão dos técnicos brasileiros? Jorge Jesus acumula vitórias e empilha demitidos

Fábio Carille foi o terceiro treinador do Campeonato Brasileiro a deixar o cargo após derrota para o Flamengo

Por Lucas Oliveira

Jorge Jesus
Jorge Jesus -
Rio - Após a goleada do Flamengo sobre o Corinthians por 4 a 1, no último domingo, válido pela 30ª rodada Campeonato Brasileiro, no Maracanã, Fábio Carille deixou o comando da equipe paulista, sendo a terceira vítima de Jorge Jesus. Desde que assumiu o Rubro-Negro, o português foi responsável indireto pela demissão de Felipão, do Palmeiras, e Rodrigo Santana, que defendia o Atlético-MG.
A primeira demissão aconteceu justamente na partida que marcou o encontro entre Jorge Jesus e Felipão, que é ídolo em Portugal. Dentro de campo, o Flamengo foi amplamente superior e venceu o Palmeiras com facilidade por 3 a 0, no Maracanã.
A segunda vítima que acabou deixando o cargo após a derrota para o Flamengo foi Rodrigo Santana, que na época defendia o Atlético-MG. Assim como o Palmeiras, foi dominado no Maracanã lotado e viu o Rubro-Negro aplicar 3 a 1 sobre a equipe visitante.
Líder do Campeonato Brasileiro, o Flamengo faz os próximos três jogos da competição no Rio de Janeiro. O próximo compromisso do Rubro-Negro acontece nesta quinta-feira, quando visita o Botafogo, no Estádio Nilton Santos. Em seguida, enfrenta o Bahia e Vasco no Maracanã, nos dias 10 e 13 deste mês, respectivamente.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários