Comentarista detona pressão do Flamengo por volta do futebol: 'Treina de forma clandestina'

Rubro-Negro retomou as atividades com bola antes de liberação de órgãos públicos

Por O Dia

09/03/2020 - Rio de Janeiro - RJ - Treino do Flamengo no ninho do Urubu em Vargem Grande para o jogo da libertadores Foto:Fabio Costa/Agencia O Dia
09/03/2020 - Rio de Janeiro - RJ - Treino do Flamengo no ninho do Urubu em Vargem Grande para o jogo da libertadores Foto:Fabio Costa/Agencia O Dia -
Rio - Apesar do grande número de mortos e casos confirmados no Brasil para o novo coronavírus, alguns clubes seguem se movimentando para a volta do futebol. Ex-jogador e atualmente comentarista dos canais ESPN Brasil, Zé Elias lamentou a postura do clube carioca.
"Os clubes que estão forçando a volta, e o Flamengo é um deles, é o clube que dá o exemplo errado. Treina de forma clandestina, se reúne com o presidente da República para justamente pressionar o retorno por conta do lado financeiro. A gente sabe que tudo isso também é pela necessidade de pagar seus funcionários e é até compressível, mas tem um pouco também da vaidade, poder e isso se coloca a frente da vida dos seres humanos. Eu acho isso um absurdo", disse Zé em entrevista à Rádio 98FM.
Ainda segundo a opinião de Zé Elias, o fato dos jogadores não se pronunciarem neste momento é prejudicial: "Dificilmente alguém irá bater de frente com o clube. E outra, qual sindicato se manifestou, que comprou a briga dos jogadores? Nenhum, e eles não irão fazer isso pois é um interesse geral que o campeonato volte, que a TV pague etc… Na Argentina eles possuem voz ativa. Falta personalidade aos jogadores daqui para defenderem sua classe", concluiu.
Para Zé, a ausência da voz dos jogadores também é prejudicial neste momento. “Dificilmente alguém irá bater de frente com o clube. E outra, qual sindicato se manifestou, que comprou a briga dos jogadores? Nenhum, e eles não irão fazer isso pois é um interesse geral que o campeonato volte, que a TV pague etc… Na Argentina eles possuem voz ativa. Falta personalidade aos jogadores daqui para defenderem sua classe”, concluiu.

Comentários