Celso Barros - LUCAS MERÇON/ FLUMINENSE
Celso BarrosLUCAS MERÇON/ FLUMINENSE
Por O Dia
Publicado 10/09/2020 16:04 | Atualizado 10/09/2020 16:04
Rio - Empresário de Evanilson, que deixou o clube no início da semana, Eduardo Uram concedeu entrevista na última quarta-feira, onde afirmou que não houve 'sacanagem' na negociação. O agente ainda disse que 'o torcedor que reclama hoje, aplaude amanhã'. Vice-presidente do clube, Celso Barros foi às redes sociais criticar Uram pelas declarações.
Publicidade
"Ele começa a entrevista, dizendo, com ele e com o Mário, não existe “sacanagem”. Claro que eu acho que não existe, mas, sendo assim porque vir a público dizer que não tem? Em seguida faz uma análise técnica de seus representados, como se fosse consultor do futebol do Flu, logo ele grande rubro negro que é", disse Celso, que complementou:

"Termina mandando um recado a nossa torcida: 'O mesmo torcedor que reclama hoje, agradece amanhã'. Por favor Sr Eduardo, respeite o torcedor do Fluminense. Eles não são bobos. Peço desculpas aos nossos torcedores. Eu não fui eleito para isso", encerrou o vice-presidente do Fluminense.