Morato
MoratoReprodução
Por O Dia
Rio - Novo reforço do Vasco, o atacante Morato, ex-jogador do Bragantino, foi apresentado nesta segunda-feira e recebeu a camisa 10 do Cruzmaltino. Ao falar sobre a responsabilidade de utilizar um número consagrado por craques como Roberto Dinamite e Edmundo, o atleta, de 28 anos, reconheceu a importância dos grandes ídolos do Cruzmaltino e afirmou que deseja conquistar seu espaço no coração dos torcedores.
"Para mim é um prazer vestir a camisa 10, que tantos jogadores fizeram história no clube. Sei que é difícil, mas quem sabe eu posso também fazer a minha história no Vasco. Sei que tudo que eles conseguiram não foi do dia para noite, então é preciso ter calma, mas claro focar nos meus objetivos", afirmou.
Publicidade
Com passagens pelo São Paulo, pelo Sport e pelo Bragantino, Morato afirmou que não sabe se defender o Vasco é o maior desafio da sua carreira, porém, ele disse bastante motivado para defender o clube carioca.
Publicidade
"Todo clube é um novo desafio. Não quero pontuar se é o maior ou não, mas é um prazer vestir essa camisa, defender esse escuto e doido para concluir o desafio de forma positiva ao fim do ano. Sobre as opções ofensivas, acho que é positivo, eleva o nível e quem ganha com isso é o Vasco", disse.
Ao ser perguntado sobre o atual momento do Vasco na temporada, o Cruzmaltino venceu apenas um jogo e está fora do G-4 do Campeonato Carioca, o jogador afirmou que os torcedores devem ter paciência nesse momento de transição que a equipe da Colina está vivendo.
Publicidade
"É um momento de reconstrução, temos que ter um pouco de paciência, precisa de tempo para que a equipe consiga desempenhar um bom futebol. Atualmente não estamos bem no Campeonato Carioca, mas creio que o torcedor esteja levando em consideração esse período de transição de elenco e também da gestão", opinou.