René Simões cada vez mais perto do adeus

Situação deve ser resolvida nesta sexta-feira

Por fabio.klotz

Rio - A crise política toma conta de São Januário e, nos bastidores, a demissão de René Simões do cargo de diretor-executivo é dada como certa. Até mesmo o técnico Paulo Autuori, após a vitória sobre o Atlético-MG, já falou publicamente sobre o assunto. O Vasco, mesmo ciente do atrito que existe entre o dirigente e o diretor-geral Cristiano Koehler, entretanto, ainda não confirma a decisão. Para completar, René não sabe o que será de seu futuro.

René está de saída do VascoCarlos Moraes / Agência O Dia

Em Goiânia para negociar com o Atlético-GO a renovação da jovem promessa Fábio Lima, René negou que teria enviado carta de demissão na quinta-feira. Ele, porém, reconheceu que é incerta a sua situação na Colina. Ao O DIA, o dirigente falou rapidamente sobre o assunto.

“Tem acontecido muita coisa, mas o clube não entrou em contato comigo e não falaram nada diretamente sobre demissão. Vamos ver como vai ficar. Por enquanto, continuo cumprindo com minhas obrigações”, disse o dirigente, que também está prestes a concluir a contratação do zagueiro Rafael Vaz, do Ceará.

Aliás, foi na negociação com o jogador que os atritos com o diretor-geral do Vasco, Cristiano Koehler, se intensificaram e os métodos de trabalho de René para trazer reforços passaram a ser questionados no clube. Segundo informações, o presidente Roberto Dinamite, que tem colocado panos quentes à espera do retorno do dirigente para o Rio, deve definir a situação em reunião nesta sexta-feira.

Há seis meses no Vasco, René foi contratado com prestígio por Dinamite, mas foi perdendo força desde a chegada de Cristiano Koehler. Com o grupo, sua imagem também já estaria arranhada devido a seguidas promessas não cumpridas sobre prazos para o pagamento de salários atrasados. Por isso, diferentemente de Ricardo Gomes, que pediu demissão em março, mas foi convencido a continuar, René não conta com o mesmo prestígio na Colina, o que torna a situação insustentável.

A decisão para a saída de René Simões foi tomada após reunião da diretoria realizada segunda-feira.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia