Por bernardo.argento

Rio - O Vasco voltou aos trabalhos na manhã desta terça-fera, em São Januário. O técnico Adilson Batista já começa a pensar nos substitutos de Luan e Guinãzu, suspensos por terem recebido o terceiro cartão amarelo.

O treinador aproveitou para comandar um coletivo entre reservas e juniores. Em um desses times estavam os jogadores cortados, que provavelmente não participarão do duelo diante do Atlético-PR.

Titulares foram poupados e correram em volta do gramado Carlos Moraes / Agência O Dia

Desta maneira, Montoya, Willie, André e Francismar formaram a equipe junto dos juniores. Já Sandro Silva, que também foi cortado da partida contra o Náutico, treinou entre os reservas. O volante é um forte candidato a substituir Guinãzu. Wendel e Fellipe Soutto são as outras opções.

No último período da atividade, o comandante vascaíno juntos todos os jogadores, inclusive os cortados do último jogo, e trabalhou a movimentação no ataque, com jogadas trabalhadas pelo lado do campo. O trabalho ocorreu sob forte sol e calor.

Enquanto isso, realizaram um trabalho regenerativo e depois deram voltas no gramado. O Vasco precisa vencer o Atlético-PR na última rodada do Campeonato Brasileiro e torcer para um tropeço do Coritiba ou uma derrota do Criciúma para conseguir se manter na Série A em 2014.

Adilson batista dá instruções para os reservasCarlos Moraes / Agência O Dia


Você pode gostar