STJD promete punição exemplar por briga generalizada

Vasco pode perder 10 mandos de campo e Atlético-PR, 20. Procurador não crê em uma reviravolta na tabela

Por rafael.arantes

Rio - A Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva vai apreciar ainda nesta semana a denuncia pelos incidentes na partida do último domingo, em Joinville. A procuradoria do tribunal quer punições exemplares para as duas equipes, que podem chegar a perda de 20 mandos de campo para o Atlético-PR e 10 para o Vasco, além de multas de até R$ 100 mil. O procurador do STJD, Paulo Schmitt não acredita em uma reviravolta na tabela no Campeonato Brasileiro, mas admite que o Vasco deve buscar o que considera justo.

“A denúncia da promotoria do STJD já foi apresentada. O Vasco tem todo o direito de buscar o que eles acham justos, mas, de acordo com a nossa visão, qualquer situação de conquista de pontos e reversão de resultados está fora de pauta. O que aconteceu dentro de campo, ficará dentro de campo. Mas o clube tem o direito de tentar reverter isso no tribunal”, explicou Schmitt, que pretende propor a volta de partidas com os portões fechados em 2014.

Torcedores de Vasco e Atlético-PR brigaram na Arena Joinville Carlos Moraes / Agência O Dia

Os dois clubes já haviam protagonizados tristes cenas de violência neste Campeonato Brasileiro. Em agosto, na partida contra o Corinthians, na Arena de Brasília, torcedores dos dois clubes brigaram e o STJD puniu cada clube com quatro partidas longe de casa. Uma das cenas que chocaram o Brasil, um pai tenta defender o filho durante a agressão generalizada. Após recurso, paulistas e cariocas precisaram cumprir apenas dois jogos longe do Pacaembu e São Januário, respectivamente.

Em outubro, o Atlético-PR perdeu dois mandos de campo após uma briga nas arquibancadas entre torcedores do Furacão e do Coritiba. Além da perda do local de jogo, que estava sendo cumprida em Joinville, contra o Vasco, o time paranaense teve que pagar multa de R$ 30 mil.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia