Por IG - Último Segundo

Um terceiro sargento da Marinha de 35 anos foi preso em flagrante, ontem, por ejacular encostado ao corpo de uma mulher no ônibus da linha Trindade-Niterói, na altura de Neves, bairro de São Gonçalo.

Priscila Trindade Alcântara, 32 anos, contou a O DIA que seguia para o trabalho quando entrou no ônibus lotado e o homem se levantou para ceder o lugar para ela, ficando em pé ao seu lado. A servidora percebeu que ele estava excitado e que só se afastou quando viu que ela iria começar a filmar, revelando a calça já ejaculada. Ela gritou por socorro, os passageiros contiveram o assediador e chamaram os policiais militares, que o prenderam.

"Isso acontece diariamente, infelizmente, me senti muito mal, não tem como ficar bem. Mas não vou me calar, porque isso é inadmissível. As mulheres não devem se calar, não podem tolerar isso. Espero que ele pague por isso. Que outras vítimas o reconheçam e denunciem", disse Priscila à reportagem.

O preso foi levado para a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de São Gonçalo e autuado em flagrante. A pena prevista por importunação sexual é de um a cinco anos de prisão. O abusador passará por uma audiência de custódia, que decidirá se ele permanece preso ou responderá pelo crime em liberdade.

Você pode gostar
Comentários