Dome tem início melhor que Jesus

Insatisfação de Gabigol com rodízio na escalação do Flamengo perde força diante dos números do catalão

Por IG - Esporte

A insatisfação de Gabigol após o jogo contra o Fortaleza, no qual foi decisivo ao fazer o gol da vitória por 2 a 1, contrasta com os números de Domènec Torrent no comando do Flamengo. Por mais que o camisa 9 se irrite com o rodízio imposto pelo treinador, que muda a escalação a cada rodada do Brasileiro, seu 'piti' perde peso em relação à metodologia de trabalho do catalão.

Prova disso é que o time está em evolução e o começo de Dome no Rubro-Negro já é melhor do que o do português Jorge Jesus, hoje no Benfica. Depois de um difícil início, com duas derrotas, Dome reverteu a situação. Em seus primeiros oito jogos no comando do Flamengo, obteve uma média de vitórias de 58,3%, acima dos 50% do português.

O catalão tem quatro vitórias, dois empates e duas derrotas - com Jesus foram três vitórias, dois empates e duas derrotas. O Flamengo do espanhol também sofreu menos gols. Foram 10 até agora, contra 11 de seu antecessor. A atitude intempestiva de Gabigol, porém, não abala o trabalho de Domènec, que minimiza o episódio de sábado, no Maracanã. 

"Foi uma decisão técnica. Mas é normal. Ninguém é mais importante do que o grupo. Estamos felizes com o Gabi. É nosso artilheiro, mas o Pedro também jogou muito bem", disse Dome, que já fora alvo de insatisfação por parte de Arrascaeta - barrado contra o Botafogo, ele fez postagem polêmica na internet após o clássico.

"Quando analisei o Fortaleza, decidi manter o Pedro porque estava feliz com a atuação dele. Gabi nos ajudou muito saindo do banco. É um ganhador. Mas nem ele nem ninguém vai jogar todos os jogos", encerrou Domenèc, tendo os bons resultados como justificativa para escalar quem quiser, quando quiser.

Comentários