Pregão eletrônico pronto para entrar em funcionamento

Novas licitações da prefeitura serão realizadas pelo sistema Comprasnet, no Portal da Transparência, com transmissões ao vivo, e promessa de agilidade e economia

Por O Dia

Vista aérea da cidade de Macaé
Vista aérea da cidade de Macaé -
Macaé — Em compasso com os avanços tecnológicos e a busca por transparência e economia, a prefeitura de Macaé vai passar a realizar suas licitações por pregão eletrônico. Nos próximos dias o primeiro edital já deve ser publicado. Além da agilidade, a expectativa é por uma maior economia, visto que empresas de qualquer lugar do país poderão participar, sem a necessidade de comparecer a um processo presencial.
"Com a ampliação da competitividade esperamos melhores preços", disse Jean Vieira, procurador adjunto de Licitações.
O sistema escolhido foi o Comprasnet, o mesmo usado por órgãos do governo federal, estadual e pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), e respaldado nacionalmente. O Portal da Transparência do Município já está preparado para receber o pregão eletrônico, incluindo a plataforma para a transmissão ao vivo e online das sessões.
“Os servidores da Procuradoria também foram orientados para operar o sistema do Comprasnet”, comentou Vieira.
Nesta sexta, a equipe da Coordenadoria Geral de Licitações percorrerá as secretarias municipais para treinar o pessoal e esclarecer dúvidas sobre os procedimentos internos de cada pasta depois da mudança.
O primeiro pregão será para a compra de material de expediente da administração municipal. Os interessados em pleitear o contrato podem se inscrever desde já no Comprasnet. Os editais pode ser acessados no Portal da Transparência, no site da prefeitura, www.macae.rj.gov.br.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários