Segundo o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, os registros de violência sexual vem crescendo anualmente e, no levantamento divulgado em 2019, referente a 2018, bateu o recorde de 66.041 casos
Segundo o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, os registros de violência sexual vem crescendo anualmente e, no levantamento divulgado em 2019, referente a 2018, bateu o recorde de 66.041 casosImagem Arquivo
Por O Dia
Niterói - A vereadora Verônica Lima aprovou no último dia 12 o projeto de lei n° 87/2021, que institui o Programa de Enfrentamento ao Feminicídio em Niterói. O projeto tem o objetivo de dar assistência e garantir os direitos das mulheres em situação de violência no município e de seus dependentes, que, em muitas das vezes, presenciam os casos de violência.
"O Programa de Enfrentamento ao Feminicídio é uma iniciativa urgente para a nossa cidade. Com a pandemia, vimos um crescimento alarmante nos casos de violência em todo o Brasil. As mulheres de Niterói devem se sentir seguras e contempladas pelas políticas públicas públicas da cidade. Devemos prevenir e conscientizar a respeito do feminicídio", destaca a vereadora, que está em seu terceiro mandato na cidade. Agora, o PL segue para sanção do prefeito Axel Grael.
Publicidade
div>