Servidores são afastados do trabalho após sexo em escola

Inspetor de alunos e auxiliar de limpeza são flagrados por estudante

Por O Dia

Rio - Um inspetor de alunos da Escola Municipal Quintino Bocaiúva e uma auxiliar de limpeza da unidade foram afastados de suas funções após vídeo com cenas picantes entre os dois cair na internet. Nas imagens, o casal aparece fazendo sexo na secretaria da escola, no bairro Quintino Bocaiúva.

O caso ganhou repercussão entre os pais dos alunos do colégio que, revoltados, fizeram protesto segunda-feira no local com cartazes. Os estudantes também participaram. Os pais contaram que temem pela segurança dos filhos.

Vídeo do casal em unidade da Zona Norte foi colocado no YoutubeReprodução

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, o encontro aconteceu no fim de semana quando a escola estava vazia. Os dois não tiveram os nomes divulgados. O vídeo foi encontrado no pendrive de um estudante, que divulgou o conteúdo nas redes sociais da internet.

A filmagem foi vista por mais de 15 mil pessoas. Nela, o inspetor aparece com roupa, depois seminu, mas a auxiliar de limpeza, cedida pela Comlurb, está de roupa. Em um dos momentos, ele chega a correr atrás dela.

Em nota, a Secretaria Municipal de Educação informou que foi aberta, segunda-feira, uma sindicância pela 5ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), responsável pela unidade, para apurar o caso. De acordo com a nota, o fato ocorreu fora do horário escolar. “A secretaria ressalta que não admite este tipo de conduta inadequada por parte dos funcionários”, diz o comunicado.

Já a Comlurb informou que todas as providências, de acordo com as regras trabalhistas, serão tomadas. “Esse comportamento está totalmente em desacordo com as normas da Comlurb”, diz a nota oficial da empresa de limpeza pública.

Últimas de Rio De Janeiro