Manhã de segunda-feira é marcada por protestos no Rio

Grupo faz ato em frente à Rodoviária contra acordo que pôs fim à greve dos professores. Na Avenida Brasil, manifestantes caminham até a sede da Petrobras

Por cadu.bruno

Rio - Cerca de 40 pessoas protestam em frente à Rodoviária Novo Rio na manhã desta segunda-feira. O grupo é contra o acordo feito pelo Sindicato Estadual de Profissionais de Educação do Rio (Sepe), que pôs fim à greve dos professores na última sexta-feira.

Uma professora que participa do ato disse que os docentes estão voltando ao trabalho apenas por medo do corte no ponto, já que ficaram insatisfeitos com o acordo.

Grupo faz protesto e segue até a sede da PetrobrasVania Cunha / Agência O Dia

Já na pista lateral da Avenida Brasil, na altura do Caju, cerca de 500 pessoas realizam manifestação. O trânsito chegou a ficar fechado na pista sentido Centro. O grupo, que seria formado por trabalhadores da Petrobras, vai seguir em passeata até a sede da empresa na Avenida Chile, no Centro.

O trânsito já foi liberado parcialmente e o trânsito é apenas intenso, de acordo com o Centro de Operações Rio. CET-Rio. Polícia Militar e Guarda Municipal estão na via.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia