Veja como será o novo formato do seu jornal O DIA

A pedido dos leitores, O DIA deixa para trás o tamanho reduzido e retoma na terça-feira as origens que o consagraram como o jornal do Estado do Rio, um dos veículos impressos mais lidos, influentes e bem-sucedidos do país

Por bferreira

Rio - Está chegando O DIA, o grande DIA... De levar para casa um velho conhecido. Um companheiro de todas as horas que, aos 62 anos, fica cada vez mais jovem. Após seis décadas de existência, O DIA estará de cara nova. Mais moderno, vivo e muito mais bonito. A partir de terça-feira, o jornal mais carioca do Rio chegará às bancas e aos assinantes no formato tradicional, o ‘standard’. A pedido dos próprios leitores, deixa para trás o formato atual, ‘berliner’, e retoma suas origens — que o consagraram como um dos veículos impressos mais lidos, influentes e bem-sucedidos do país — sem abandonar, é claro, suas bandeiras éticas em defesa da população fluminense.

Clique na imagem acima para ver como será o novo DIA e conferir a evolução do jornal ao longo dos anosReprodução

A trajetória do jornal se confunde com a própria história do Rio de Janeiro. Evoluiu, mas manteve o desafio de fazer a diferença na vida de seus leitores, informando fatos que mexem com a qualidade de vida na cidade, com criatividade e valentia. “Vamos reforçar as bandeiras históricas que nortearam O DIA. Um jornal corajoso na defesa dos trabalhadores e consumidores, carinhoso com servidores e aposentados”, adianta o diretor de Redação, Aziz Filho.

Segundo ele, a decisão foi tomada após muita reflexão, discussão interna e pesquisas que detectaram a aprovação dos atuais e dos futuros leitores. “O jornal passa a oferecer noticiário maior de Economia e Política”, antecipa Ramiro Alves, publisher da Empresa Jornalística Econômico (Ejesa), editora responsável pelos jornais O DIA, Meia Hora e Brasil Econômico.

“O DIA cresceu para atender pedido dos seus leitores. A mudança não é radical. A estrutura continua muito próxima do que eles estão acostumados. É como uma reforma, mudam-se os móveis e coloca-se ordem na casa para torná-la ainda mais agradável”, diz o diretor de Arte, André Hippertt.

Com essa transformação, O DIA resgata suas origens, retorna ao passado e mantém os olhos no futuro. Tudo temperado com linguagem leve e irreverência. Como se espera de um jornal cuja logomarca se inspira no sol, presente em qualquer boa tradução da alegria e do alto-astral do carioca. Para você, caro leitor, um DIA como o Rio gosta de ler. E de ver.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia