Garis fazem novo protesto em frente à prefeitura do Rio

Manifestantes fazem nova versão para o samba-enredo da campeã Unidos da Tijuca e cantam: 'Acelera, Comlurb'

Por paulo.gomes

Rio - Cerca de 500 garis estão realizando novo protesto em frente à prefeitura do Rio, na Cidade Nova, na manhã desta sexta-feira. Em meio a palavras de ordem, os manifestantes fizeram uma nova versão para o samba-enredo da Unidos da Tijuca, campeã do Carnaval carioca, e cantam: "Acelera, Comlurb". O Batalhão de Choque, ao lado dos PMs do 5º BPM (Praça da Harmonia) acompanham a manifestação.

A categoria, que está em greve desde o último sábado, decidiu na quinta-feira continuar com a paralisação. Eles mantêm a reivindicação de salário base de R$ 1.224,70 (mais os 40% de insalubridade) e um aumento de de R$ 8 no vale refeição — de R$ 12 para R$ 20. A empresa fechou com o sindicato R$ 874,79 para garis em início de carreira, mas os ativistas dizem que não se sentem representados pela entidade sindical.

Cerca de 500 manifestantes estão na porta da prefeitura do RioSaulo Stefano / Agência O Dia

Mesmo com a maioria dos garis trabalhando, o presidente da Comlurb, Vinícius Roriz recomendou aos cariocas que guardem seu lixo em casa: “Quem ver que a coleta não passou corretamente que recolha novamente, se tiver condições para acondicionar o seu lixo. Aquele que não tem condição, que deixe ali. Nós estamos monitorando esses pontos para normalizar o mais rápido possível”, disse.

Segundo o presidente da Comlurb, só na quinta-feira, de 65% a 70% do lixo apresentado na cidade foram recolhidos, o que representa de 5 a 6 mil toneladas. Ele disse ainda que no fim de semana a operação será normalizada.

Apesar de ter adesão de aproximadamente 300 funcionários, a greve atinge 30% do efetivo, ou seja, 1.200 garis. Dos 21 mil funcionários da Comlurb, quatro mil atuam diretamente na limpeza das ruas, com varrição e coleta, entre outros serviços da operação, divididos em três turnos.

Prefeito será multado pela Comlurb

Vinícius Roriz, afirmou que o prefeito Eduardo Paes vai ser multado em R$ 157 por ter jogado lixo na rua. A imagem está circulando nas redes sociais. O prefeito come o que parece ser uma fruta e, em seguida, arremessa-a para longe. "Vamos ter que multá-lo", disse.

Desculpando-se com os cariocas por um “eventual equívoco”, Eduardo Paes tentou se eximir da culpa: “O vídeo, efetivamente, não mostra Paes jogando ao chão um pedaço de fruta. Na dúvida, já que o prefeito não se lembra do ocorrido, determinou que a Comlurb emita uma multa a ele próprio”, dizia parte da nota enviada por sua assessoria.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia