A partir de hoje Hospital da Posse só recebe pacientes com aviso prévio

De acordo com o secretário de Saúde de Nova Iguaçu, os pacientes chegam ao hospital sem diagnóstico

Por ramon.tadeu

Rio - O Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI), no bairro da Posse, só vai receber pacientes vindos de ambulâncias de outras cidades mediante contato prévio a partir de hoje. A determinação é do secretário de Saúde de Nova Iguaçu, Luiz Antônio Teixeira Jr. A decisão foi tomada durante reunião na sede do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Baixada Fluminense (Cisbaf), em Nova Iguaçu, realizada ontem.

“Ambulâncias de outros municípios deixam as pessoas no HGNI sem que saibamos sequer o diagnóstico dos pacientes. É importante que seja feito um contato prévio com o hospital para que possamos informar se temos condições para receber o paciente de forma adequada. Nós não realizamos cirurgias de coluna, por exemplo, por isso, nesses casos, o ideal é que o paciente seja levado para outra unidade”, explicou o secretário.

Ele destacou também que o hospital não vai negar atendimento: “Somos capacitados para atender casos de média e alta complexidade, mas para continuar oferecendo um serviço de qualidade, precisamos que os outros municípios absorvam as situações mais simples”.

De acordo com o diretor geral do HGNI, Joé Sestello, houve aumento no número de atendimentos do hospital de 77 mil pacientes em 2012 para 116 mil no ano passado. "Para que possamos continuar fazendo nossa parte, é necessário que haja uma parceria entre todos os municípios de nossa região”, afirmou o diretor do hospital.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia