Profissionais da Educação são impedidos de fazer rolezinho em shopping

Grupo de cerca de 100 pessoas protestou do lado de fora

Por adriano.araujo , adriano.araujo

Rio - Profissionais da Educação das redes estadual e municipal do Rio foram impedidos de fazer o rolezinho programado para acontecer às 18h deste sábado no Norte Shopping, em Del Castilho. Porém, o grupo de cerca de 100 pessoas protestou do lado de fora.

No horário marcado para o início da ação, promovida pelo sindicato da categoria (Sepe), dois oficiais de Justiça avisaram que havia uma liminar proibindo a entrada no shopping de pessoas na condição de manifestantes. Os educadores também foram informados de que caso insistissem, poderiam ser presos pela PM, que estava sob aviso.

Diretora do Sepe, Taís Coutinho explicou que o combinado com o shopping anteriormente era que pequenos grupos poderiam entrar para fazer panfletagem e conversar com os clientes sobre a greve da categoria.

“Agora recebemos um documento, que eu não posso confirmar se é uma liminar, pois não tem autor, nem data. Qualquer um poderia ter escrito”, disse ela. Ainda assim, os educadores permaneceram na entrada do local pacificamente, distribuindo panfletos e palavras de ordem.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia