Troca de tiros na Baixada termina com policial ferido e três bandidos mortos

Três homens armados abordaram PM de folga, que reagiu. Militar levou tiros no peito e no braço e foi levado para Hospital da Posse

Por tiago.frederico

Rio - Uma tentativa de assalto terminou na morte de um bandido, no bairro Jardim Esplanada, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, por volta das 13h deste domingo. O 2º sargento da Polícia Militar Paulino Huguenin, do 20º BPM (Mesquita), estava na Rua Pontal do Sul quando foi surpreendido por três homens em um carro. Ele estava em um Honda Civic cinza com a esposa. O PM reagiu e um dos bandidos morreu no local.

Os outros integrantes do bando fugiram e acabaram encontrados no bairro Rancho Novo. Após uma nova troca de tiros com a polícia, os dois morreram. A identificação do trio ainda é desconhecida.

Após tentativa de assalto%2C policial militar troca tiro com bandidos em Jardim Esplanada%2C Nova IguaçuBianca Lobianco / Agência O Dia

O sargento Paulino levou tiros de raspão no peito e no pulso. Ele foi socorrido por sua mulher e levado para o Hospital Geral de Nova Iguaçu, mais conhecido como Hospital da Posse, onde passou por cirurgia. Seu estado de saúde é estável. O caso está sendo investigado pela 58ª DP (Posse).

Dois casos de roubo de carros foram registrados na 52ª DP (Nova Iguaçu), um no bairro K11 e outro na Califórnia, ambos no mesmo município da Baixada Fluminense. Segundo as primeiras informações, um dos bandidos baleados, que fugiu, teria realizado estes dois assaltos.

Nova Iguaçu se tornou 'Faixa de Gaza'

Para o secretário da Comissão de Segurança Pública da Câmara de Nova Iguaçu, Carlinhos Presidente, as Unidades de Polícia Pacificadoras deveriam ter sido implantadas primeiro na Baixada Fluminense e depois na Zona Sul. "Essa inversão transformou a cidade em uma 'Faixa de Gaza'", disse ele.

"Estão dividindo o estado ao meio, resolvendo os problemas de um local e mandando para o outro. Em Nova Iguaçu cresceu 84% a apreensão de usuários de droga, o que mostra que a migração do tráfico também veio para cá", afirmou Carlinhos Presidente.

O secretario também falou sobre o excesso de trabalho dos policiais do 20º BPM, que atendem a três municípios com 500 membros: Nova Iguaçu, Nilópolis e Caxias. E questionou a quantidade de PMs das UPPs, que segundo ele, chegam a 2.200 homens em uma comunidade.

"A construção de um outro batalhão da Polícia Militar prometida pelo ex-governador Sérgio Cabral e esquecida pelo atual governante, Luiz Fernando Pezão, auxiliaria nos casos de roubos e assassinatos na região", segundo Carlinhos Presidente.

O secretário da Comissão de Segurança Pública da Câmara de Vereadores de Nova Iguaçu também lembrou que o ex-governador prometeu, ainda, a construção de um hospital de Traumatologia, no bairro Jardim Esplanada, promessa que também não foi cumprida por Pezão.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia