Bangu, o verdadeiro berço do futebol no Brasil

Pesquisadores afirmam que o escocês Thomas Donohoe, que veio trabalhar na antiga fábrica de tecidos, introduziu o esporte no país

Por O Dia

Rio - Aos domingos, muitos torcedores vão aos bares do Shopping Bangu assistir aos jogos de seus clubes. O que quase ninguém sabe, é que ali mesmo, em um domingo de setembro de 1894, teria sido disputada a primeira partida de futebol do Brasil. Pelo menos é o que diz um grupo de pesquisadores que creditam ao escocês Thomas Donohoe o pioneirismo do esporte no país. Eles garantem: o futebol brasileiro nasceu em Bangu. Assim, o paulista Charles Miller não seria primeiro a trazer o esporte bretão para o Brasil.

Às vésperas da Copa do Mundo, os pesquisadores vão fazer uma homenagem ao pioneirismo de Bangu. Uma estátua do escocês será inaugurada no estacionamento do shopping, no local onde seria o campo de futebol que Thomas Donohoe e seus companheiros jogavam futebol. A inauguração será no dia 5 de junho, às 9h30. Também haverá uma exposição contando a história de Seu Danau, como era conhecido.

O escultor Clécio Regis e a estátua do pioneiro escocês Donohoe%2C que será instalada no Shopping BanguEstefan Radovicz / Agência O Dia

Thomas Donohoe era tintureiro na cidade de Busby, na Escócia, onde nasceu. Com a falta de emprego na região, ele embarcou em uma aventura e veio trabalhar na Fábrica de Tecidos Bangu, em um cargo de chefia. Chegou em 21 de maio de 1894, ao desembarcar do navio S. S. Clyde. Donohoe era casado e precisou deixar sua esposa Elizabeth e seus filhos Patrick, de 3 anos, e John, de seis meses, em Busby.

Ele jogava futebol e se surpreendeu. O bairro de Bangu era composto apenas pela Fábrica e uma única rua. Não existia futebol no novo país. Ele então escreveu para a esposa, Elizabeth, e pediu para que ela viesse ao Brasil com os filhos. Porém, alguns itens muito importantes deveriam vir na mala com ela: sua bola e chuteiras. Elizabeth desembarcou no Rio em 5 de setembro de 1984 com a encomenda.

Pelada inaugural foi em campinho onde hoje fica estacionamento

Para a partida, que teria sido a primeira do Brasil, Donohoe convocou funcionários da fábrica de tecidos — todos de origem inglesa e que já conheciam futebol. Segundo os pesquisadores, foi uma pelada jogada com dois times de seis jogadores. O local era um espaço dentro da própria fábrica, onde hoje é o estacionamento do Shopping Bangu.

Só em 1901 a fábrica cedeu um espaço para os ingleses jogarem, que funcionou até 1906. Nesse meio tempo, o Atlético Clube Bangu foi inaugurado, em 1904. Donohoe foi eleito vice-presidente da primeira administração. Em 9 de setembro de 1894, Seu Danau fixou quatro hastes de madeira em um terreno baldio.

O pesquisador Carlos Molinari, que estuda o passado de Bangu há 15 anos, contou que a história de Donohoe sempre foi conhecida pelos moradores. Porém, o problema é que as informações eram apenas de boca. Em 2010, ele conseguiu encontrar documentos oficiais com a ajuda de historiadores escoceses.

“O que está acontecendo é um processo de revisionismo histórico. A primeira partida aconteceu assim que a esposa de Donohoe chegou ao Brasil em 1894, antes da partida organizada por Charles Miller, que foi em 14 de abril de 1895”. A ideia de homenagear Donohoe foi de Benevenuto Rovere Neto, presidente do Grêmio Literário José Mauro de Vasconcelos. Há alguns anos, ao assistir , viu os competidores passando em frente à Praça Charles Miller: “O pioneiro foi Thomas Donohoe, está na hora de fazermos alguma coisa”. Foi então que ligou para o amigo artista plástico Clécio Régis. Juntos, resolveram criar a estátua.

Últimas de Rio De Janeiro