Bandidos agem em estacionamentos da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio

Alvos dos criminosos são clientes de centros comerciais

Por nicolas.satriano

Rio - Em menos de uma semana, um juiz, um delegado e uma agente federal foram vítimas de criminosos em estacionamentos de shoppings da Barra da Tijuca, Zona Oeste. Esse tipo de perigo tem deixado em alerta clientes e moradores do bairro.

Na segunda-feira, o delegado Carlos Augusto Nogueira passou por momentos de tensão. Rendido no estacionamento do Carrefour, ele escapou por pouco. “Eles descobriram que eu era delegado e comecei a conversar com o bandido. Saímos do estacionamento em meu carro para não colocar em risco outras pessoas”, contou Nogueira. “Um deles me reconheceu, pediu desculpas e não levou nada”.

Na quinta -feira, o juiz Paulo Feijó foi rendido por um homem quando manobrava o carro no estacionamento do BarraShopping. Foi colocado no banco do carona e os criminosos rodaram com o magistrado dentro do shopping por alguns minutos.

Os bandidos só o libertaram depois de perceber que o pneu do carro estava furado, fato que ocorreu ainda no estacionamento. No entanto, o juiz acabou perdendo a aliança, o relógio e mais R$ 700.

A administração do centro comercial informou que o estacionamento é monitorado e que as imagens foram enviadas para a Polícia. Já o Carrefour informou que, apesar de não ter imagens registrando os ataques, vai colaborar com as investigações.

A suspeita é de que os ataques sejam feitos por uma mesma quadrilha grupo, que vem agindo livremente naquela região.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia