Polícia identifica autores do homicídio de empresário na Linha Amarela

Olderige Catelan tentou fugir de um assalto na altura de Bonsucesso e acabou sendo baleado no último dia 11

Por tiago.frederico

Aleksander da Conceição Ferreira%2C de 19 anos%2C é apontado como autor do assassinato de empresário na Linha AmarelaDivulgação

Rio - Policiais da Delegacia de Homicídios da Capital (DH) identificaram os autores do homicídio de Olderige Eduardo Catelan. O empresário morreu, no último dia 11, após ser baleado enquanto tentava fugir de um assalto na Linha Amarela, na altura da Saída 7, em Bonsucesso, Zona Norte do Rio.

De acordo com as investigações, Aleksander da Conceição Ferreira, de 19 anos, e um menor de 17 anos foram os autores do crime. O adolescente foi apreendido no dia seguinte à morte roubando uma moto na Mangueira. Os dois irão responder por latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte.

O caso

Por volta das 19h15, Olderige fez uma manobra para evitar ser vítima de assalto na pista sentido Barra da Tijuca da Linha Amarela, na altura da Saída 7, em Bonsucesso. Um amigo dele, Jorge Duarte, disse que a mulher do empresário relatou que o esposo viu outros motoristas sendo roubados mais à frente e tentou fugir. No entanto, o esforço foi em vão. Segundos depois, um motociclista passou atirando na direção de Olderige, ele foi atingido por um disparo e acabou morrendo.

Leia mais:

'Não existe lugar seguro no Rio', diz amigo de empresário morto na Linha Amarela

Após morte de empresário na Linha Amarela, policiamento será reforçado

Motorista tentava fugir de assalto quando foi baleado na Linha Amarela

DH analisa imagens para identificar assassino de empresário na Linha Amarela

Motorista morre baleado em assalto na Linha Amarela

Na ocasião, uma vítima confirmou aos policiais do Batalhão de Policiamento em vias Especiais (BPVE) que teve pertences roubados, mas não quis registrar a ocorrência. Inicialmente, o crime foi registrado na 21ª DP (Bonsucesso) como latrocínio (roubo seguido de morte), mas posteriormente foi encaminhado à Divisão de Homicídios da Capital (DH).

Olderige Eduardo Catelan tinha 54 anos e morava no Rio desde 1978. Ele era dono de uma franquia de marca de roupas e pretendia expandir o comércio para a cidade.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia