Preso traficante que agia no Complexo da Penha e era 'chefe' em Macaé

'Grande' ou 'Mais Alto' agia em favelas da capital e do interior

Por tiago.frederico

Alexandre Vieira tinha dois apelidos%3A 'Grande' e 'Mais Alto'Divulgação

Rio - Alexandre Vieira tem dois apelidos: "Grande" e "Mais Alto". Preso nesta terça-feira por policiais da 22ª DP (Penha), o homem de 45 anos possuía envolvimento com o tráfico de drogas do Complexo da Penha, na Zona Norte da cidade, e de Macaé, no interior do estado.

Capturado na Rua Curumim, na Vila Cruzeiro, ele foi encontrado a partir de investigações que apuram o tráfico de drogas nas comunidades Chatuba, Merindiba, Parque Proletário e Vila Cruzeiro, no conjunto de favelas da Penha.

Ainda segundo os policiais, “Grande”, além de agir na favela onde foi preso, comandava o tráfico de drogas no município de Macaé, no interior fluminense.

Alexandre tem sete passagens pela Polícia, sendo seis por tráfico e uma por tentativa de homicídio. Contra ele havia mandado de prisão por associação para o tráfico, expedido pela 5ª Vara Criminal da Capital.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia