Justiça reabre hospital em Mesquita

Prefeitura do município informa que vai recorrer

Por nicolas.satriano

Rio -  A Justiça Federal determinou nesta sexta-feira a reabertura do Hospital Municipal Leonel de Moura Brizola,único hospital geral de Mesquita, na Baixada Fluminense, em resposta à ação civil pública do Conselho Regional de Medicina do Estado (Cremerj) e decidiu também pela contratação de 77 médicos para atuarem na unidade. Em nota, a Prefeitura de Mesquita informou que foi notificada e irá interpor um recurso junto ao Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. 

O presidente do Cremerj, Pablo Vazquez, afirmou que a instituição denunciou o caos na saúde pública de Mesquita, com médicos trabalhando em condições precárias e atrasos salariais. "A população, infelizmente, é a que mais sofre com tudo isso", salientou. A prefeitura fechou a unidade em 2010 alegando falta de condições básicas e de recursos humanos.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia