Pezão diz que dívida de IPVA será reduzida, porém não haverá anistia

Contribuinte terá facilidades para regularizar o débito, como redução de juros e parcelamento da cobrança

Por marlos.mendes

Rio - O governardor Luiz Fernando Pezão (PMBD) disse, nesta quarta-feira, que as dívidas de IPVA com tributo até 2011 não serão perdoadas totalmente, conforme havia sido divulgado ontem. No entanto, haverá facilidades para ajudar o cidadão a regularizar o débito, como redução de juros e parcelamento da cobrança.

Assembleia Legislativa aprova perdão da dívida de IPVA com tributo até 2011

"A dívida não será perdoada. Haverá redução de multa, juros e outras facilidades. A gente tem quase um bilhão de reais em dívida de IPVA. O momento propício para o cidadão regularizar sua vida é agora, porque eu não vou trabalhar mais na anisticia, mas sim fortementa na cobrança de sonegação", disse Pezão.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia