Vigilância Ambiental estuda maneira de executar a vacinação antirrábica em meio à pandemia

Até o momento, ainda não há previsão de realização da imunização na área urbana

Por Paula Valviesse

Nova Friburgo aguarda envio de seringas para iniciar a vacinação antirrábica
Nova Friburgo aguarda envio de seringas para iniciar a vacinação antirrábica -
A Secretaria de Saúde de Nova Friburgo, por meio da Vigilância Ambiental, estuda uma maneira de realizar a Campanha de Vacinação Contra a Raiva este ano, devido à pandemia de Covid-19. Segundo a Vigilância, são aguardadas as seringas para iniciar a imunização, que a princípio ocorrerá de forma itinerante, na área rural do município.

Por conta da pandemia, ainda não há previsão de que a imunização seja feita na área urbana, tendo sido priorizada a área rural, porque é onde há presença de morcegos hematófagos e terem ocorrido registros de raiva nos últimos anos. A ideia é levar a equipe e aplicar a vacina antirrábica de casa em casa.

A Campanha é realizada anualmente em todo Brasil, geralmente no mês de setembro. No Estado do Rio de Janeiro, no ano passado, não foi possível a sua realização pela falta de vacinas, que não foram disponibilizadas pelo Governo Federal.

Na cidade do Rio de Janeiro, por conta da Covid-19, a imunização foi marcada para acontecer entre meses de outubro e dezembro. Segundo a Subsecretaria de Vigilância, Fiscalização Sanitária e Controle de Zoonoses, a atuação dos servidores será de maneira voluntária, com inscrição dos mesmos até o dia 18 deste mês.

Comentários