A orquestra foi criada para homenagear o violinista e compositor petropolitano Raphael Rabello, considerado um dos maiores violonistas de todos os tempos. - Divulgação/Prefeitura de Petrópolis
A orquestra foi criada para homenagear o violinista e compositor petropolitano Raphael Rabello, considerado um dos maiores violonistas de todos os tempos.Divulgação/Prefeitura de Petrópolis
Por Ney Freitas
Petrópolis - “Aquarela”, de Toquinho, e “Berimbau”, de Vinicius de Moraes e Baden Powell foram algumas das músicas escolhidas pelos alunos da Orquestra de Violões Raphael Rabello para uma apresentação especial na última segunda-feira. A orquestra conta com a participação de 20 alunos, matriculados nas aulas gratuitas de violão da Casa da Educação Visconde de Mauá. O prefeito Bernardo Rossi fez questão de conferir o talento dos jovens e parabenizá-los por mais uma conquista: a orquestra será uma das atrações na programação do Natal Imperial.

A orquestra é uma iniciativa da produtora Bem Cultural produções em parceria com a Casa da Educação Visconde de Mauá e foi criada para homenagear o violinista e compositor petropolitano Raphael Rabello, considerado um dos maiores violonistas brasileiros de todos os tempos. A apresentação da orquestra na programação do Natal Imperial será no dia 13 de dezembro, às 18h30, no Palácio de Cristal. No repertório, seis músicas.
Publicidade

Harmonia é tudo. Eles se empenham e mostram, a cada ensaio, o quanto é gratificante se dedicar a música”, contou o professor João Pedro Gomes. Lucas Gotelip, que também é professor da Casa, fala sobre o talento dos jovens. “Aprendemos com eles. São dedicados e apaixonados pela música e isso nos estimula a ensinar”. Luiz Henrique Guerra Perixe, de 11 anos, é um dos alunos da orquestra. Além de aprender a tocar, ele afirma que as aulas tiveram resultado positivo na escola. “Fiquei mais atento nas aulas. Eu gosto de tudo. Quero sempre aprender mais”.
Referência na oferta de aulas:
Publicidade

Na Casa da Educação são oferecidos os cursos de viola, violino, violão, flauta, desenho, fotografia, coral, banda, capoeira, ballet, judô, karatê, inglês, alemão, jogos matemáticos, letramento, Educação Patrimonial e reforço em matemática. Atualmente, 850 alunos são atendidos na Casa da Educação. Há alguns meses a Casa está abrigando uma turma da EJA (Educação de Jovens e Adultos), da 5ª fase. Além da grade curricular da EJA, todos os alunos têm a oportunidade de participar de oficinas oferecidas na Casa da Educação Visconde de Mauá.