Ceia especial será servida a moradores de rua no próximo sábado

Projeto Paz no Prato irá preparar 250 refeições oferecidas por voluntários no Centro de Petrópolis

Por Ney Freitas

O projeto pretende apresentar um novo caminho para a alimentação saudável, além de garantir a Ceia dos moradores de rua da cidade
O projeto pretende apresentar um novo caminho para a alimentação saudável, além de garantir a Ceia dos moradores de rua da cidade -
Petrópolis - A ideia é da nutricionista petropolitana Patrícia Vieira e nasceu há exatamente um ano. Com o objetivo de levar conhecimento sobre as bases da alimentação saudável, Patrícia conta, hoje, com a atuação fiel de voluntários engajados em seus projetos. Para a ação do próximo sábado, o grupo, com aproximadamente noventa pessoas, vai trabalhar no preparo e montagem de 250 refeições um pouco diferentes das convencionais. No cardápio, pratos como salpicão, arroz colorido, quiches e bolinhos, além de dois tipos de sobremesas: pavê de paçoca e pavê de maracujá com chocolate. Todos com um detalhe especial: pratos com origem 100% vegetal.

Todo o trabalho terá início na próxima quinta-feira, em pequenas etapas. O grupo estima que serão gastos cerca de 180kg de alimentos nesta ação especial. Patrícia afirma que todos os colaboradores mantêm campanha permanente na cidade em busca de auxílio por parte de organizações e empresários para a obtenção dos ingredientes necessários, e garante que vem recebendo ajuda irrestrita.

Como berço de apoio do “Projeto Paz no Prato” está a casa espírita frequentada pela nutricionista e sua equipe. Todo o preparo e montagem dos pratos, oferecidos aos moradores de rua, será realizado na cozinha do Centro Espírita Missionários da Caridade, o CEMICA, no bairro Cremerie. “Participei do 1º Congresso Espírita Vegetariano, em 2018, e fiquei encantada. No dia seguinte acordei com o projeto em mente e o levei à diretoria do CEMICA em busca de apoio. Nos cederam a cozinha e realizaram o sonho de transmitir um conhecimento gastronômico diferenciado aos petropolitanos”, comenta Patrícia.

O projeto pretende unir o carinho do grupo pelos animais, a preservação do meio-ambiente e, principalmente, seu amor e preocupação pelos seres-humanos, que muitas vezes vivem em situações degradantes. A nutricionista diz, ainda, que o projeto não deseja apenas alimentar a quem tem fome. “Queremos, também, mostrar às pessoas que podemos nos alimentar de forma saborosa e nutritiva utilizando somente alimentos de origem vegetal. Nossa atitude pode parecer pequena, mas contribui bastante com a saúde de todos”.

Para garantir um clima ainda mais aconchegante, o evento vai contar com a apresentação de grupos de vozes com inúmeras canções de Natal, além de músicos da Orquestra da Universidade Católica de Petrópolis. A ação terá início às 21h no calçadão do Shopping Pedro II, na Rua do Imperador.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários