Carretas vêm causando acidentes na serra e complicando ainda mais o trânsito no local - Reprodução/Redes Sociais
Carretas vêm causando acidentes na serra e complicando ainda mais o trânsito no localReprodução/Redes Sociais
Por Ney Freitas
Petrópolis - A decisão foi tomada no início de 2013. Na época, uma determinação da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) proibiu o trânsito das carretas em alguns dias e horários de maior movimento na subida da Serra de Petrópolis. A ação foi solicitada por autoridades e representantes da sociedade civil organizada e resolveu, temporariamente, a sequência de engarrafamentos na BR-040 justamente nos fins de semana, quando turistas aproveitam para visitar a cidade. Pouco tempo depois, a falta de fiscalização tem chamado a atenção de motoristas que trafegam no trecho.
"Subo a serra todos os fins de semana com a família porque temos casa em Nogueira. Já pensamos em nos desfazer do imóvel pela dificuldade no trânsito da serra de Petrópolis. Os caminhões fazem o que querem e se a gente reclamar ainda fecham a gente ou diminuem ainda mais a velocidade. Tem sido muito complicado fazer esse trecho. Já levamos 4 horas e às vezes até mais". O desabafo é de Ricardo Jorge Oliveira, empresário carioca apaixonado por Petrópolis.

Diante do problema, o Petrópolis Convention & Visitors Bureau (PC&VB) está preparando um ofício para a Polícia Rodoviária Federal, responsável por realizar o trabalho de fiscalização, além da Concer e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). O objetivo é fazer com que a resolução 3997/2013 seja cumprida.

"Tratamos do assunto na última reunião do Conselho Comunitário de Segurança (CCS), quando levantei esse problema. Brigamos muito para que essa resolução fosse feita, pois ajuda muito o turista, o veranista e o próprio petropolitano que precisa subir a serra com tranquilidade. Questionei porque a fiscalização havia sido interrompida, mas ninguém soube responder. Portanto, vamos enviar um ofício, perguntando o porquê dessa situação e cobrando as medidas", disse o presidente do PC&VB, Samir El Ghaoui. 

A resolução proíbe o tráfego de veículos de carga de três ou mais eixos no trecho da subida da Serra de Petrópolis nas sextas-feiras e vésperas de feriados, entre 16h e 22h. O trânsito também está impedido nos sábados, entre 8h e 14h. As aplicações não valem a veículos precedidos de batedores, veículos destinados a socorro de incêndio e salvamento, veículos de socorro e emergência, veículos de polícia, fiscalização e operação de trânsito, veículos prestadores de serviço de utilidade pública, quando em atendimento, veículos tipo motoneta, motocicleta, triciclo e quadriciclo, ainda que com "side car" ou reboques acoplados, veículos tipo caminhonete e camioneta, automóveis, caminhonetes e camionetas com reboque ou semi-reboque acoplados, veículos em transporte de animais vivos e veículos em transporte de cargas de perecíveis.

Vale lembrar que o cidadão pode denunciar o trânsito irregular das carretas através do telefone 191, que é gratuito e funciona 24 horas e em todos os dias da semana.