Ampliação de vagas na unidade faz parte do projeto de aumento de número de leitos na rede SUS do município - Reprodução/Internet
Ampliação de vagas na unidade faz parte do projeto de aumento de número de leitos na rede SUS do municípioReprodução/Internet
Por O Dia
Petrópolis - O Hospital Municipal Nelson de Sá Earp (HMNSE), que completou 52 anos em janeiro, vai ganhar 10 novos leitos de UTI e ainda uma UTI móvel. A Prefeitura de Petrópolis já iniciou o processo que abrirá a licitação de aquisição dos equipamentos médicos necessários para a montagem das unidades. Além da ampliação em 100% do número de vagas no setor de terapia intensiva, o HMNSE também receberá obras de reforma e um centro de imagens, com um aparelho de ressonância magnética. Os projetos já estão aprovados e com verba garantida.

O HMNSE conta atualmente com 10 leitos de UTI adulto. A ampliação de vagas na unidade faz parte do projeto de ampliação de número de leitos na rede SUS do município. Hoje, o município conta com 65 leitos UTI adulto. Também será por meio de licitação a compra do aparelho de ressonância magnética para a unidade, que irá compor o centro de imagens, juntamente com o tomógrafo, ultrassom (que já está em funcionamento) e o aparelho de densitometria óssea. Assim como dos aparelhos para a montagem de uma UTI móvel. O projeto para a reforma da cozinha da unidade também já está pronto.

Os projetos para equipar e ainda reformar o HMNSE estão incluídos no convênio celebrado pelo município com o Estado, e que foi assinado pelo prefeito Bernardo Rossi e pelo secretário de Estado de Saúde, Edmar Santos, na última segunda-feira. Petrópolis foi o município da Região Serrana que receberá do Estado o maior volume de verbas para aplicação na saúde.

Tenho que agradecer ao secretário Edmar Santos, ao governador Wilson Witzel e ainda ao deputado estadual Tutuca, por darem esta atenção ano nosso município e direcionarem recursos para podermos melhorar e ampliar os serviços de saúde para a nossa população”, declarou o prefeito Bernardo Rossi.

Para a secretária de saúde Fabíola Heck, as melhorias no HMNSE são mais um importante passo na gestão da saúde do município: “É um hospital de grande relevância para a rede do município que necessitava também de melhorias. Nos últimos meses, a unidade vem sendo contemplada com diversos equipamentos médicos, como o novo ultrassom, ventiladores pulmonares de ponta, entre diversos outros. E também mobiliário como macas, mesas e cadeiras. A reforma da unidade, a abertura dos novos leitos de UTI, a UTI móvel e o centro de imagens completam o trabalho de ampliação dos serviços da unidade ofertados à população”, disse a secretária.